Passagens de Ambrose Bierce

248 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Ambrose Bierce para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

Fé: crença, não baseada em provas, no que é contado por alguém que fala sem conhecimento de coisas sem paralelo.

As calamidades são de duas espécies: a desgraça que nos acontece e a sorte que acontece aos outros.

Pintura √© a arte de proteger superf√≠cies planas contra o tempo e de exp√ī-las ao cr√≠tico.

Eloquência, n. A arte de persuadir oralmente os tolos de que o branco é a cor que aparenta ser. Inclui o dom de fazer qualquer cor parecer branca.

Monumento: uma estrutura que tem como objectivo comemorar algo que n√£o precisa de ser comemorado ou que n√£o pode ser comemorado.

Conversa: feira na qual se exp√Ķem os dotes mentais mais despiciendos, estando cada expositor t√£o ocupado com a arruma√ß√£o dos seus bens que nem consegue dar aten√ß√£o aos do colega do lado.

Circo. Um lugar em que cavalos, p√īneis e elefantes podem assistir a homens, mulheres e crian√ßas bancando os idiotas.

Educação, n. Aquilo que revela aos sábios e esconde aos tolos a sua falta de inteligência.

√Ālcool: princ√≠pio essencial de todos os l√≠quidos que fazem o homem ficar com um olho negro.

Elefante, n. Obrincalhão do reino animal, com o seu nariz flexível e com pouco espaço para acomodar os dentes.

Abdicação, n. Acto através do qual um soberano demonstra sentir a alta temperatura do trono.