Tudo isto Ă© fado

Perguntaste-me outro dia
Se eu sabia o que era o fado
Eu disse que nĂŁo sabia
Tu ficaste admirado
Sem saber o que dizia
Eu menti naquela hora
E disse que nĂŁo sabia
Mas vou-te dizer agora

Almas vencidas
Noites perdidas
Sombras bizarras
Na mouraria
Canta um rufia
Choram guitarras
Amor ciĂșme
Cinzas e lume
Dor e pecado
Tudo isto existe
Tudo isto Ă© triste
Tudo isto Ă© fado

Se queres ser meu senhor
E teres-me sempre a teu lado
NĂŁo me fales sĂł de amor
Fala-me também do fado
É canção que Ă© meu castigo
SĂł basceu p’ra me perder
O fado Ă© tudo o que eu digo
Mais o que eu nĂŁo sei dizer