Passagens de Don DeLillo

3 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Don DeLillo para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

Ser Turista é Fugir da Responsabilidade

Ser turista √© fugir da responsabilidade. Os erros e os defeitos n√£o se colam em n√≥s como em casa. Somos capazes de vaguear por continentes e l√≠nguas, suspendendo a actividade do pensamento l√≥gico. O turismo √© a marcha da imbecilidade. Contam que sejamos imbecis. Todo o mecanismo do pa√≠s hospedeiro est√° adaptado aos viajantes que se comportam de um modo imbecil. Andamos √†s voltas, aturdidos, olhando de esguelha para mapas desdobrados. N√£o sabemos falar com as pessoas, ir a lado nenhum, quanto vale o dinheiro, que horas s√£o, o que comer ou como o comer. Ser-se imbecil √© o padr√£o, o n√≠vel e a norma. Podemos continuar a viver nestas condi√ß√Ķes durante semanas e meses, sem censuras nem consequ√™ncias terr√≠veis. Tal como a outros milhares, s√£o-nos concedidas imunidades e amplas liberdades. Somos um ex√©rcito de loucos, usando roupas de poliester de cores vivas, montando camelos, tirando fotografias uns aos outros, fatigados, desint√©ricos, sedentos. N√£o temos mais nada em que pensar sen√£o no pr√≥ximo acontecimento informe.

A Loucura é uma Destilação Decisiva

Nestes s√©culos, o escritor tem mantido uma conversa com a loucura. Podemos quase dizer que o escritor do s√©culo vinte aspira √† loucura. Alguns conseguiram-no, evidentemente, e ocupam lugares especiais na nossa considera√ß√£o. Para um escritor, a loucura √© uma destila√ß√£o decisiva do eu, uma edi√ß√£o decisiva. √Č o submergir das vozes enganadoras.

Os Objectos s√£o Consoladores

Talvez os objectos sejam consoladores. Em especial os antigos, feitos de barro, feitos por homens com outra mentalidade. Os objectos s√£o aquilo que n√£o somos, aquilo que nunca chegaremos a ser. Ser√° que as pessoas fazem as coisas para definir os limites da personalidade? Os objectos s√£o os limites de que necessitamos desesperadamente. Mostram-nos onde terminamos. Dissipam temporariamente a nossa tristeza.