Passagens de João José Cochofel

5 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de João José Cochofel para ler e compartilhar. Os melhores escritores estão em Poetris.

Acendem-se as Luzes

Acendem-se as luzes
nas ruas da cidade.

Ainda h√° claridade
ao alto das cruzes
da igreja da praça
e para l√° dos telhados
j√° meio esfumados
na mesma cor baça
do casario velho
que recobre a encosta
e mal entremostra
as cores de Botelho,
sobranceiro à massa
fluida e movente
das cordas de gente
por onde perpassa
um ar de alegria
que é do tempo quente
e deste andar contente
que no fim do dia
leva para casa,
a paz das varandas,
o √°lcool das locandas,
tanta vida rasa
minha semelhante.
Solid√£o povoada
que a tarde cansada
suspende um instante
ao acender das luzes.

Em cada olhar uma rosa
de propósito formosa
para que a uses.

N√£o Desafies

N√£o desafies
a alegria.

Quando ela chegue
um instante só
n√£o lhe perguntes
porquê?

Estende as m√£os √°vidas
para o calor
da cinza fria.

Uma Vida Pequena

Uma vida pequena
para que é que serviu?
Rasto de poeira
em tarde de estio.

Que sonhos, que pragas,
que fogos em v√£o
calcados de terra
reacender√£o?

Chora a inf√Ęncia, chora.
N√£o a que tiveste.
Mas a que na troca
do tempo apetece.

Alotropia

Parar o tempo,
manej√°-lo,
subst√Ęncia d√≥cil,
reversível.

Alotropia verbal
sem duração,
pura escolha
da memória.

Resgate

Meus pés moídos na calçada,
minhas tardes envenenadas de álcoois nos cafés,
e o vazio por dentro
a encher o tédio das horas sem nome.

Tudo isto
– moeda triste
que nem chega a pagar o sol da tardinha
e a poeira de feno que pontilhou de oiro
teu corpo entre trigais.