Cita√ß√Ķes de Oscar Niemeyer

24 resultados
Frases, pensamentos e outras cita√ß√Ķes de Oscar Niemeyer para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

Vocês vão ver os palácios de Brasília, deles podem gostar ou não, mas nunca dizer terem visto antes coisa parecida.

De um traço nasce a arquitetura. E quando ele é bonito e cria surpresa, ela pode atingir, sendo bem conduzida, o nível superior de uma obra de arte.

O trabalho me distrai. Na minha idade a gente não pode ficar desocupado, que só pensa besteira.

Nao é a linha reta, dura e inflexível, feita pelo homem, que me atrai. O que me chama a atenção é a curva livre e sensual. A curva que encontro nas montanhas do meu país, nas margens dos seus rios, nas nuvens do céu e nas ondas do mar. O universo está cheio de curvas, um universo de Einstein.

Nem meus amigos, que me ajudaram muito, como o JK, entendiam. As pessoas viam os projetos e diziam: ‘Que bonito!’ Mas n√£o estavam entendendo nada.

Cem anos é uma bobagem, depois dos 70 a gente começa a se despedir dos amigos. O que vale é a vida inteira, cada minuto também, e acho que passei bem por ela.

Quando faço palestras para estudantes, digo que a arquitetura não é importante, o importante é a vida.

Eu n√£o dou a menor import√Ęncia a dinheiro. Nem √† pr√≥pria vida. A vida √© um sopro, um minuto. A gente, nasce, morre. O ser humano √© um ser completamente abandonado…

Baudelaire disse que a surpresa, o espanto s√£o as caracter√≠sticas b√°sicas de uma obra de arte. √Č o que penso. Camus diz em O Estrangeiro que a raz√£o √© inimiga da imagina√ß√£o. √Äs vezes, voc√™ tem de botar a raz√£o de lado e fazer uma coisa bonita.

A vida nos leva pra onde ela quer. Cada um vem, escreve sua historinha e vai embora. N√£o vejo segredo em levar a vida.

Quando quero ler, eu ouço. Pago uma pessoa para gravar os livros em fitas e depois, quando sinto vontade, as coloco para tocar.

Meu trabalho n√£o tem import√Ęncia, nem a arquitetura tem import√Ęncia pra mim. Para mim o importante √© a vida, a gente se abra√ßar, conhecer as pessoas, haver solidariedade, pensar num mundo melhor, o resto √© conversa fiada.

Esse negócio de centenário eu acho ridículo. O importante é a vida, o passado e principalmente o presente. A arquitetura é secundário.