Passagens sobre Hor贸scopo

3 resultados
Frases sobre hor贸scopo, poemas sobre hor贸scopo e outras passagens sobre hor贸scopo para ler e compartilhar. Leia as melhores cita莽玫es em Poetris.

As pessoas nascem sempre sob o signo errado, e estar no mundo de forma digna significa corrigir dia a dia o pr贸prio hor贸scopo.

O Casulo

No casulo:
uma mesa quatro cinco estantes
livros por centenas ou milhares
tijolos de papel onde as tra莽as
acasalam e o caruncho espreita
s贸lidas muralhas de elvezires onde
a rua n茫o penetra
uma m谩quina de escrever olivetti
com a tinta acumulada nas letras mais redondas
cachimbos barros estanhos medalhas fotos
bonecos marafonas lembran莽as
retratos alguns gente ida ou vinda
gorros usbeques gorros bailundos leques
japoneses arp玫es a莽orianos sinos de n茫o sei donde
ou sei esperem sinos da tr贸ica em natais nocturnos
marfins africanos 贸leos desenhos calend谩rios
feiti莽os da Ba铆a a m茫o a fazer figas
tudo do melhor contra raios coriscos mau olhado
retratos dizia Jorge o de Salvador J煤lio o da Morgadinha
Berglin o cientista Kostas o dramaturgo
e outros e outros
Afonso Duarte o das ossadas p贸rtico
destas lam煤rias o sorriso sibilino e rugoso
que matou no Nem茅sio o bicho harmonioso
mais de agora o Umberto Eco barbudo
a filtrar-me com medievismo os gestos tontos
e outros e outros
suecos brasileiros romenos gregos
e ainda aqueles em que a Zita foi escrevendo
a minha sina de andarilho
Tolstoi patrono obcecante um pastor a tocar
p铆faro algures nos Balc茫s sinais da Bulg谩ria da Pol贸nia
da Finl芒ndia sinais de tantas partes onde
fui um outro de biografia aberrante
sinais da minha terra tamb茅m
a minha de verdade e n茫o as outras
a que chamam minhas por distra铆do palpite
o Lima de Freitas num candeeiro alumiando
a mulher verde-azul em casas assombrada
mestre Marques d鈥橭liveira num esquisso
de alto coturno a carta de Abel Salazar
que o sol foi comendo n茫o se lendo j谩
o que a censura omitiu
aqui a China tamb茅m representada
um 铆cone de S贸fia as pl谩cidas cabras
do Calasans o tinteiro de quando
se usavam plumas roubaram-se o missal do Cicogna
um almofariz para esferogr谩ficas furta-cores
a caixa de madeira floreada veio da R煤ssia
deu-ma a Tatiana sob promessa (cumprida)
de a p么r bem em frente das minhas divaga莽玫es
an茅monas n贸rdicas da Anne
mios贸tis b煤lgaros da Rumiana
o poster 茅 alem茫o Friede den Kindern
nunca pedi a ningu茅m a decifra莽茫o
dois hor贸scopos face a face
cangaceiros nordestinos
o menino ajoelhado do T贸 Z茅
num gesso j谩 sem bra莽os nem rosto
objectos objectos o pote tem as armas de n茫o lembro
[quem
embora o nome que venha por de cima
seja o meu e eu tamb茅m no 贸leo carrancudo
do Z茅 Lima h谩 um ror de anos
melhor n茫o saber quantos
o molde para o bronze 茅 um perfil onde
desenganadamente me reconhe莽o
tanta bugiganga tanto bazar tanto papel
branco ou impresso uma faca para
apunhalar algu茅m a cassete de poesias na voz
da Maria Vitorino as esculturas astecas
do Miguel medalhas medalhas outra vez lembran莽as
agendas sem pr茅stimo canetas gastas mais pap茅is
letras mi煤das ou letras farfalhudas
depende da ocasi茫o
um livro de filigrana
as paredes mal se v锚em estantes copiosas j谩 disse
quadros em demasia e ainda
as rendas de minha m茫e em molduras destoadas
ela no retrato de cenho descontente
fitando-me at茅 ao miolo dos desvairos
o bord茫o de r茅gulo justiceiro
obliquando no trono de cactos
amuletos africanos o mata-borr茫o que foi
de um pide deu-mo o fuzileiro no p贸s-Abril
uma bela cabe莽a de mulher do Jo茫o Fragoso
jarras de sacristia candeias de cobre
sem pavio um samovar de madeira um samurai de
[veludo
os pain茅is de S茫o Vicente em miniatura
a 谩urea trombeta do trof茅u lus铆ada
de parceria com o Manuel Cargaleiro
谩ureos pesados trof茅us o marasmo branco
de Pavia na tela sem idade
livros livros os correios n茫o p谩ram
de mos trazer para maior sufoca莽茫o
cartas a granel por responder rel贸gio n茫o h谩 mas ou莽o-o
sem falhar um segundo h谩 cordas cord玫es medalhas
[medalh玫es
armas laur茅is proibi莽玫es
perfumes em minaretes levantinos.

Continue lendo…