Frases sobre Sempre

2396 resultados
Frases de sempre escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Os criadores e os g√©nios, no in√≠cio da sua carreira, quase sempre, e muitas vezes at√© no fim, sempre foram considerados pela sociedade como uns parvos e uns loucos ‚ÄĒ √© esta uma das observa√ß√Ķes mais triviais e sabidas.

Quem me dera ao menos uma vez… Provar que quem tem mais do que precisa ter, quase sempre se convence que n√£o tem o bastante… e fala demais por n√£o ter nada a dizer!

Convenientemente aplicada a qualquer situa√ß√£o, o amor vence sempre. √Č um fato que se verifica empiricamente. O amor √© a melhor pol√≠tica. A melhor n√£o s√≥ para os que s√£o amados, mas tamb√©m para quem ama. Pois o amor √© um potencial de energia.

Contar hist√≥rias √© uma das mais belas ocupa√ß√Ķes humanas: e a Gr√©cia assim o compreendeu, divinizando Homero que n√£o era mais que um sublime contador de contos da carochinha. Todas as outras ocupa√ß√Ķes humanas tendem mais ou menos a explorar o homem; s√≥ essa de contar hist√≥rias se dedica amoravelmente a entret√™-lo, o que tantas vezes equivale a consol√°-lo. Infelizmente, quase sempre, os contistas estragam os seus contos por os encherem de literatura, de tanta literatura que nos sufoca a vida!

No fundo, sinto que a minha vida é sempre governada por uma fé que já não tenho. A fé tem isto em particular: mesmo quando desaparece, continua a agir.

O ser humano n√£o √© assim t√£o v√°rio; t√£o v√°rio como se pretende. Nota que os livros s√£o sempre os mesmos, infelizmente. Pintores, cineastas, m√ļsicos, escritores, poetas tratam sempre os mesmos assuntos, tentam analisar, sempre, as mesmas obsess√Ķes.

O desejo de conquista é coisa realmente muito natural e comum; e, sempre que os homens conseguem satisfazê-lo, são louvados, nunca recriminados; mas, quando não conseguem e querem satisfazê-lo de qualquer modo, aí estão o erro e a recriminação.

O futuro é sempre belo, porque se viaja na barquinha da esperança, cujas velas dilata aquela brisa inebriante, que é a fantasia.

Os aventureiros realizam suas conquistas e as demais pessoas os aplaudem. Saia sempre do lugar-comum.

Chega sempre um momento na história em que quem se atreve a dizer que dois e dois são quatro é condenado à morte.

Há séculos que sabemos que os ricos não são generosos; os generosos encalham sempre na etapa anterior à riqueza, esbracejam, fazem sinais em direção à costa durante algum tempo e depois afogam-se. Os seus cadáveres desaparecem para sempre no mar da economia, ou no mar da vida, o que vai dar ao mesmo. Morrem na indigência.

O autor que tenha medo da popularidade, senão será derrotado pelo triunfo. Tem uma hora em que se deve tirar retrato de si mesmo. A fome é sempre igual à primeira fome. A carência se renova inteira e vazia.