Passagens de Umberto Eco

114 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Umberto Eco para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

Homero não inventou nada. Toda a história da literatura é uma espécie de passagem de testemunho, como nos Jogos Olímpicos, quando a tocha passa de mão em mão.

O que √© ler um romance? √Č pensar que a narrativa √© verdadeira e fazer crer que havia uma mulher que se chamava Madame Bovary e um homem que se chamava Raskolnikov. A sanidade mental consiste em fazer que o leitor deixe o romance com aquela sensa√ß√£o que [Samuel] Coleridge chamava a ‘suspens√£o da descren√ßa’.

Todos somos hereges. Todos somos ortodoxos. N√£o √© a f√© que um movimento oferece que conta. Conta a esperan√ßa que prop√Ķe.

Num determinado momento, decidi escrever uma história. Já não tinha mais crianças pequenas a quem contar histórias.

O meu amigo Gabriel García Marquéz escreveu livros fabulosos mas só se fala do seu Cem Anos de Solidão. Ou se tem a sorte de escrever o livro de sucesso no fim da vida ou se for no princípio nada há a fazer.

Essas tabuinhas nos mostram ainda que, desde aquela época, ler sempre foi interpretar, porque era necessário decidir, segundo o contexto como uma imagem deve estar relacionada no seu significado e em que direção prosseguir a leitura.

O amor floresce com a expectativa. A expectativa passeia pelos amplos campos do Tempo rumo à Oportunidade.

A ausência está para o amor como o vento está para o fogo: apaga o pequeno, abrasa o grande.

Quando os verdadeiros inimigos são muito fortes, é preciso escolher inimigos mais fracos.

Se a rendi√ß√£o √† ignor√Ęncia e cham√°-la de Deus sempre foi prematuro, continua prematuro at√© hoje.

A arte só oferece alternativas a quem não está prisioneiro dos meios de comunicação de massas.

Certas coisas se sentem com o coração. Deixa falar o teu coração, interroga os rostos, não escutes as línguas.