Passagens de Lin Yutang

19 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Lin Yutang para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

O Paradoxo da Leitura

O sábio lê livros, mas lê também a vida. O universo é um grande livro e a vida é uma grande escola.
(…) Quanto mais leio mais ignorante fico. A escolha que hoje se depara a qualquer homem educado √© entre a inoc√™ncia que n√£o l√™ e a ignor√Ęncia que l√™ muito.
(…) √Č poss√≠vel sustentar com alguma apar√™ncia de exactid√£o que a imprensa de hoje mata a leitura e a leitura mata o pensamento.

N√£o h√° no mundo livros que se devam ler, mas somente livros que uma pessoa deve ler em certo momento, em certo lugar, dentro de certas circunst√Ęncias e num certo per√≠odo da sua vida.

Além da nobre arte de fazer, existe a nobre arte de não fazer coisas. A sabedoria consiste em eliminar o que não é essencial.

A paz e a força são duas mulheres ciumentas que recusam-se sempre a ficar na mesma casa.

O sábio lê livros, mas lê também a vida. O universo é um grande livro e a vida é uma grande escola.

A paz da consciência é o maior de todos os dons. Uma pessoa com a consciência limpa não tem motivos para temer os espectros.

A história humana é o resultado do conflito dos nossos ideais com as realidades, e a acomodação entre os ideais e as realidades determina a evolução peculiar de cada nação.

A vida social só pode existir na base de uma certa dose de mentiras refinadas e de que ninguém diga exatamente o que pensa.

O erudito é como o corvo que alimenta os seus filhotes vomitando o que comeu. O pensador é como o bicho da seda, que não nos dá folhas de amoreira, mas seda.

O segredo da felicidade consiste em sabermos gozar o que temos e perder toda a atração pelas coisas que estão além do nosso alcance.

Além da nobre arte de conseguir fazer as coisas, existe a nobre arte de deixar as coisas por fazer. A sabedoria da vida consiste na eliminação do que não é essencial.

Se consegues viver uma tarde absolutamente in√ļtil, de maneira absolutamente in√ļtil, ent√£o sabes viver.

Todos nós temos a ideia pervertida de que o cérebro humano é um órgão para pensar. Nada está mais longe da verdade.

O mundo hoje √© dividido em fumantes e n√£o fumantes. √Č certo que os fumantes causam alguns inc√īmodos aos n√£o-fumantes, mas tal inc√īmodo √© f√≠sico, ao passo que o inc√īmodo que os n√£o-fumantes causam aos fumadores √© espiritual.

√Č a minha conclus√£o que no Ocidente se pensa muito no sexo e muito pouco nas mulheres.

Além da nobre arte de fazer coisas, existe a nobre arte de deixar coisas sem fazer. A sabedoria da vida consiste na eliminação do que não é essencial.

N√£o se pode chamar leitura a essa tremenda quantidade de tempo que se perde com os jornais.