Passagens de Nicolas Chamfort

99 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Nicolas Chamfort para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

√Č pelo nosso amor-pr√≥prio que o amor nos seduz. Como resistir a um sentimento que embeleza o que temos, que nos restitui o que perdemos e nos d√° o que n√£o temos!

Neste mundo, existem três espécies de amigos: aqueles que nos amam, aqueles que não se preocupam connosco, e os que nos odeiam.

Para chegar a perdoar √† raz√£o o mal que faz √† maioria dos homens, √© preciso considerar o que seria o homem sem a sua raz√£o. √Č um mal necess√°rio.

A Comédia Social

√Č preciso convir que √© imposs√≠vel viver na sociedade, sem representar a com√©dia de vez em quando. O que distingue o homem de bem do velhaco √© que ele n√£o a representa a n√£o ser nos casos for√ßados, e para escapar a um perigo; ao passo que o outro vai ao encontro das ocasi√Ķes.

A estima vale mais do que a celebridade, a consideração mais do que a fama, a honra mais do que a glória.

A filosofia, como a medicina, disp√Ķe de muitas drogas, de pouqu√≠ssimos rem√©dios bons e de quase nenhum espec√≠fico.

O homem sem princípios é também comummente um homem sem carácter; pois, se tivesse nascido com carácter, teria experimentado a necessidade de criar princípios para si.

A cal√ļnia √© como uma vespa que o importuna e, contra a qual, n√£o se deve fazer qualquer movimento, a n√£o ser que se tenha a certeza de a matar.

Definição de um governo despótico: uma ordem de coisas em que o superior é vil e o inferior aviltado.

O Edifício Metafísico da Sociedade

Pode-se considerar o edifício metafísico da sociedade como um edifício material que seria composto de diferentes nichos ou compartimentos de grandeza mais ou menos considerável. Os lugares com as suas prerrogativas, os seus direitos, etc. formam esses diversos compartimentos, esses diferentes nichos. Eles são duráveis, e os homens passam. Aqueles que os ocupam são ora grandes, ora pequenos, e nenhum ou quase nenhum é feito para o seu lugar. Ali vemos um gigante, curvado ou agachado no seu nicho; lá vemos um anão sob uma arcada: raramente o nicho é feito para a estatura; em torno do edifício circula uma multidão de homens de diversos tamanhos. Todos esperam que haja um nicho vazio para ali se colocarem, qualquer que seja o nicho.