Textos sobre Maneiras de Cesare Pavese

2 resultados
Textos de maneiras de Cesare Pavese. Leia este e outros textos de Cesare Pavese em Poetris.

Existir Eficazmente

Esta necessidade de estar sĆ³, de nĆ£o sentir que te pedem seja o que for, que te separam de ti prĆ³prio. Este horror a que tenham o mĆ­nimo direito sobre ti, de que to faƧam sentir… Esta evidente impertinĆŖncia dos outros, quando esperam qualquer coisa, quando take for granted alguma coisa de ti.
Tornas-te de sĆŗbito distante, apagas-te, ficas rĆ­gido, repeles. Incapaz de dizer uma boa palavra. PƵes ponto final e afastas-te.
Rancor contra aqueles que tiveste de eliminar dessa maneira e que, por piedade, por espĆ­rito de sacrifĆ­cio, tens de voltar a aceitar.

A saĆŗde interior que dĆ£o a profissĆ£o polĆ­tico-moral e o contacto com as massas nĆ£o Ć© diferente da que provĆ©m de qualquer ocupaĆ§Ć£o, de qualquer actividade a que um homem se consagre. Quando escreves e te entregas inteiramente Ć  tua arte, sentes-te sereno, equilibrado, feliz.

O Instinto Trabalhado

SĆ³ pode inspirar a acĆ§Ć£o, servir de credo, o pensamento que se tenha tornado maquinal, instintivo. Perigo de nos analisarmos demasiadamente: as veias vivas do temperamento ficam, dessa maneira, excessivamente dilucidadas e tornadas maquinais, devido Ć  familiaridade. O que Ć© preciso, pelo contrĆ”rio, Ć© a arte de dar livre curso aos impulsos espirituais, deixando-os agir, mecanicamente, sob o estĆ­mulo. HĆ” o manual do catecismo – por de mais conhecido e postiƧo – e o maquinal do instinto. Ɖ preciso favorecer, explorar, reconhecer e apoiar o instinto, sem lhe roubar o vigor por meio da reflexĆ£o. Mas Ć© preciso reflectir nele, para o acompanhar na acĆ§Ć£o e substituĆ­-lo nos momentos de surdez.