Cita√ß√Ķes de Toni Morrison

28 resultados
Frases, pensamentos e outras cita√ß√Ķes de Toni Morrison para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

Eu digo aos meus alunos: ¬ęQuando conseguirem obter esses empregos para os quais foram treinados de forma t√£o brilhante, lembrem-se que o vosso trabalho real √© que, se forem livres, t√™m que libertar algu√©m. Se tiverem poder, ent√£o o vosso trabalho √© darem poder a algu√©m. Isto n√£o √© apenas um jogo de ganhar rebu√ßados.¬Ľ.

Se há um livro que você quer ler, mas não foi escrito ainda, então você deve escrevê-lo.

Quanto requintadamente humano foi o desejo de felicidade permanente, e quanto estreita se tornou a imaginação humana a tentar alcançá-la.

Escrever é realmente uma forma de pensar Рe não apenas sobre sentimentos, mas também sobre coisas que são díspares, não resolvidas, misteriosas, problemáticas, ou apenas doces.

O Valor do Amor

N√£o podes possuir um ser humano. N√£o podes perder aquilo que n√£o possuis. Sup√Ķe que eras o dono dele. Poderias realmente amar algu√©m que n√£o √© absolutamente nada sem ti? Queres realmente algu√©m assim? Algu√©m que cai por terra mal sais pela porta? N√£o queres, pois n√£o? E ele tamb√©m n√£o. Est√°s a virar toda a tua vida para ele. Toda a tua vida, rapariga. E se isso significa t√£o pouco para ti que podes simplesmente jog√°-la fora, entregar-lha, ent√£o porque √© que isso significaria alguma coisa mais para ele? Ele n√£o pode valorizar-te mais que o valor que te d√°s a ti pr√≥pria.

Num determinado ponto da vida, a beleza do mundo torna-se suficiente. J√° n√£o precisas de fotografar, pintar, ou at√© recordar. √Č suficiente.

Darem-te o domínio sobre outra pessoa é uma coisa pesada; execeres domínio sobre outra pessoa é uma coisa errada; dares o domínio de ti mesmo a outra pessoa é uma coisa perversa.

Eu quero sentir o que sinto. Mesmo que não seja felicidade, o que quer que isso signifique. Porque tu és tudo aquilo que tens.

As pessoas dizem que escrevamos aquilo que sabemos. Eu estou aqui para te dizer, ninguém quer ler isso, porque tu não sabes nada. Então, escreve sobre algo que tu não saibas. E não tenhas medo, nunca.

Conta-nos a Tua História

Ser√° que n√£o h√° nenhum contexto para as nossas vidas? Nenhuma can√ß√£o, nenhuma literatura, nenhum poema cheio de vitaminas, nenhuma hist√≥ria ligada √† tua experi√™ncia que possas passar para nos ajudarem a ficar mais fortes? Tu √©s um adulto. O mais velho, o mais s√°bio. P√°ra de pensar em salvar a tua imagem. Pensa sobre as nossas vidas e conta-nos sobre o teu mundo em particular. Desenvolve uma hist√≥ria. A narrativa √© radical, cria-nos a n√≥s pr√≥prios no momento exacto em que est√° a ser criada. N√≥s n√£o te vamos culpar se o teu alcance excede a tua compreens√£o, se o amor incendeia as tuas palavras, se elas descem em chamas e nada deixam a n√£o ser a queimadura. Ou se, com a retic√™ncia das m√£os de um cirurgi√£o, as tuas palavras apenas suturam os s√≠tios por onde o sangue pode ter flu√≠do. Sabemos que nunca o conseguir√°s faz√™-lo correctamente ‚Äď de uma vez por todas. A paix√£o nunca √© suficiente; nem a habilidade. Mas tenta. Por n√≥s, e por ti pr√≥prio, esquece o teu nome na rua; conta-nos aquilo que o mundo tem sido para ti, tantos nos bons como nos maus momentos. N√£o nos digas o que acreditar,

Continue lendo…

Eu sempre olhei para os actos de exclusão racista, ou insultos, como desprezíveis, para a pessoa que os pratica. Eu nunca absorvi isso. Eu sempre achei que havia algo de deficiente nessas pessoas.