Passagens sobre Benefícios

129 resultados
Frases sobre benef√≠cios, poemas sobre benef√≠cios e outras passagens sobre benef√≠cios para ler e compartilhar. Leia as melhores cita√ß√Ķes em Poetris.

O ingrato n√£o s√≥ esteriliza os benef√≠cios, sen√£o tamb√©m o benfeitor: esteriliza os benef√≠cios, porque os paga com ingratid√Ķes e esteriliza o benfeitor, porque vendo o benfeitor que se pagam com ingratid√Ķes os seus benef√≠cios, cessa, e n√£o os quer continuar.

Saber Desfrutar Todos os Tempos

Nós mostramo-nos ingratos em relação ao que nos foi dado por esperarmos sempre no futuro, como se o futuro (na hipótese de lá chegarmos) não se transformasse rapidamente em passado. Quem goza apenas do presente não sabe dar o correcto valor aos benefícios da existência; quer o futuro quer o passado nos podem proporcionar satisfação, o primeiro pela expectativa, o segundo pela recordação; só que enquanto um é incerto e pode não se realizar, o outro nunca pode deixar de ter acontecido.

Onde poderemos nós alguma vez encontrar alguém que tenha recebido seja de quem for mais benefícios do que aqueles que os filhos receberam dos pais.

Uma perda pode converter-se num benefício e um benefício, numa perda

Uma perda pode converter-se num benefício e um benefício, numa perda.

Trabalho E Luz I

Luz e trabalho, eis a divisa imensa
Da nova legi√£o de um mundo novo.
Das √°guias do porvir fecunde-se o ovo
No vigor do trabalho unido à crença.

D’√°rvore humanidade √† luz intensa
Do livre ensino brota o s√£o renovo
Rico de luz se nobilita o povo
Do trabalho na santa recompensa.

Trabalham para a luz almas, que alentam
O brilho do trabalho. Os benefícios
Da luz da educação a Deus contentam.

Trabalho e luz contra o furor dos vícios,
No trabalho e na luz que a paz sustentam,
Glória ao Liceu de Artes e de Ofícios.

As inj√ļrias devem ser feitas todas de uma s√≥ vez, a fim de que, saboreando-as menos, ofendam menos: e os benef√≠cios devem ser feitos pouco a pouco, a fim de que sejam mais bem saboreados.

O que dificulta a cura é sobretudo a atitude mental de se prender à doença. No tratamento médico em si não existe benefício nem malefício; mas, se um médico que desconhece a Verdade cuidar do enfermo, dará demasiada ênfase à doença, o que fará com que a mente dos familiares do paciente fique presa à doença, e isso se torna um malefício.

O Ponto mais Alto da Moral Consiste na Gratid√£o

O ponto mais alto da moral consiste na gratid√£o. E esta verdade proclam√°-la-√£o todas as cidades, todos os povos, mesmo os oriundos das regi√Ķes b√°rbaras, neste ponto est√£o de acordo os bons e os maus. Haver√° quem aprecie sobre¬≠tudo o prazer, outros haver√° que julguem prefer√≠vel o esfor√ßo activo; uns consideram a dor como o sumo mal, para outros a dor n√£o ser√° sequer um mal; alguns inclui¬≠r√£o a riqueza no sumo bem, outros dir√£o que a riqueza foi inventada para o mal da humanidade e que o homem mais rico √© aquele a quem a fortuna nada encontra para dar; no meio desta diversidade de posi√ß√Ķes uma coisa h√° que todos afirmar√£o, como soe dizer-se, a uma s√≥ voz: que devemos gratid√£o √†queles que nos favorecem. Neste ponto toda esta multid√£o de opini√Ķes se mostra de acordo, mesmo quando por vezes pagamos favores com inj√ļrias; e a pri¬≠meira causa de ingratid√£o √© n√£o podermos ser suficiente¬≠mente gratos. A insensatez chegou ao ponto de se tornar perigos√≠ssimo fazer um grande benef√≠cio a algu√©m; como se considera uma vergonha n√£o pagar o benef√≠cio, julga-se prefer√≠vel n√£o existir ningu√©m que no-lo fa√ßa! Goza em paz o que de mim recebeste; n√£o to reclamo,

Continue lendo…

Como se pode dizer que a globaliza√ß√£o traz benef√≠cios quando s√£o os seus pr√≥prios te√≥ricos que reconhecem que est√£o a produzir-se desigualdades terr√≠veis. A globaliza√ß√£o n√£o vai resolver os problemas mundiais, pode √© resolver os problemas de uma determinada camada da popula√ß√£o mundial. Mas seguramente n√£o s√£o os tr√™s mil milh√Ķes de pessoas que vivem com dois d√≥lares por dia.

Como a água, quanto mais elevado o bem, mais benefícios espalha

Como a água, quanto mais elevado o bem, mais benefícios espalha, e contudo penetra em lugares escuros que os homens desprezam.

O Egoísta Homem Moderno

Um dos problemas mais complicados e mais dif√≠ceis dos nossos dias, o de encaminhar para um fim ben√©fico e utilit√°rio, para o bem real da nossa sociedade, essa exuber√Ęncia espantosa de prosperidade material, que muito √© de temer n√£o materialize excessivamente o esp√≠rito popular e n√£o o lance na via de uma ambi√ß√£o desenfreada e subversiva. Esta quest√£o considero-a como a √ļnica s√©ria e vital que hoje resta resolver satisfatoriamente, porque a sua resolu√ß√£o √© que h√°-de dizer a raz√£o por que n√≥s gozamos dos incalcul√°veis benef√≠cios do vapor e das suas aplica√ß√Ķes e do tel√©grafo el√©ctrico; porque √© dela que depende a sorte futura da nossa sociedade, e essa resolu√ß√£o √© tanto mais dif√≠cil que ela n√£o pode ser a obra da viol√™ncia, por isso que a viol√™ncia apressaria o termo fatal do desengano sem que a sociedade estivesse suficientemente preparada para um choque t√£o violento, e tornaria sang√ľin√°ria uma revolu√ß√£o que, longe de dever ser um cataclismo para a sociedade, dever√° executar-se brandamente. O governo, que deve saber dirigir a verdadeira opini√£o p√ļblica, pode pela sua ac√ß√£o sobre a instru√ß√£o das classes laboriosas ensinar-lhes a sua posi√ß√£o futura na sociedade e destruir as ambi√ß√Ķes desenfreadas dos pretendidos amigos do povo…

Continue lendo…