Cita√ß√Ķes de Honor√© de Balzac

239 resultados
Frases, pensamentos e outras cita√ß√Ķes de Honor√© de Balzac para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

A melancolia comp√Ķe-se de oscila√ß√Ķes morais, das quais a primeira atinge a desespera√ß√£o e a √ļltima o prazer; na mocidade √© o crep√ļsculo matutino, na velhice o da tarde.

Os escolares preocupam-se em segredo com o mesmo que preocupa as raparigas nos internatos; faça-se o que se fizer, elas falarão sempre do amor, aqueles das mulheres.

Terr√≠vel condi√ß√£o do homem! N√£o h√° uma das suas felicidades que n√£o provenha de uma ignor√Ęncia qualquer.

O amor é a poesia dos sentidos. Ou é sublime, ou não existe. Quando existe, existe para sempre e vai crescendo dia a dia.

Estamos habituados a julgar os outros por nós próprios, e se os absolvemos complacentemente dos nossos defeitos, condenamo-los com severidade por não terem as nossas qualidades.

Passamos boa parte de nossa vida suprimindo aquilo que deixamos entrarem nosso cora√ß√£o durante a adolesc√™ncia. Essa opera√ß√£o chama-se ‘adquirir experi√™ncia’.

√Č mais f√°cil ser amante do que ser marido, pela simples raz√£o de que √© mais dif√≠cil ter esp√≠rito diariamente do que dizer coisas bonitas de vez em quando.

√Č poss√≠vel amar e n√£o ser feliz, √© poss√≠vel ser feliz e n√£o amar, mas amar e simultaneamente ser feliz, isso seria milagre.