Cita√ß√Ķes de John Locke

28 resultados
Frases, pensamentos e outras cita√ß√Ķes de John Locke para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

O homem que vive de acordo com a razão tem o coração de uma máquina de coser.

As a√ß√Ķes dos seres humanos s√£o as melhores int√©rpretes de seus pensamentos

As novas opini√Ķes s√£o sempre suspeitas e geralmente opostas, por nenhum outro motivo al√©m do facto de ainda n√£o serem comuns.

Uma coisa é mostrar a um homem que ele está errado e outra coisa é instruí-lo com a Verdade.

Ler fornece ao espírito materiais para o conhecimento, mas só o pensar faz nosso o que lemos.

Uma coisa é demonstrar a um homem que ele está errado, outra é colocá-lo de posse da verdade.

Palavras com Poucas Ideias

Os homens tomam as palavras como sendo as marcas regulares e constantes de no√ß√Ķes aceites, quando na verdade n√£o s√£o mais que sinais volunt√°rios e inst√°veis das suas pr√≥prias id√©ias. [… ] Esse abuso, que leva a confiar cegamente nas palavras, n√£o foi em nenhum lugar t√£o disseminado, nem ocasionou tantos efeitos mal√©ficos, como entre os homens de letras. A multiplica√ß√£o e obstina√ß√£o das disputas que t√™m devastado o mundo intelectual deve-se t√£o-s√≥ a esse mau uso das palavras. Pois, ainda que em geral se acredite existir grande diversidade de opini√Ķes nos volumes e variedade das controv√©rsias que agitam o mundo, o m√°ximo que posso constatar √© que, ao discutirem entre si, os doutos em contenda nas diferentes fac√ß√Ķes falam l√≠nguas distintas.

Pais se perguntam porque os rios s√£o amargos, quando eles mesmo envenenaram a fonte.

A necessidade de procurar a verdadeira felicidade é o fundamento da nossa liberdade.

Nossas a√ß√Ķes s√£o as melhores interpreta√ß√Ķes de nossos pensamentos.

Abandonando a razão, que é a regra dada entre homem e homem, e usando a força, à maneira das bestas, ele se torna sujeito a ser destruído por aquele contra quem ele usa força, como qualquer voraz besta selvagem que é perigosa a sua pessoa.

Sempre considerei as ac√ß√Ķes dos homens como as melhores int√©rpretes dos seus pensamentos.

Interpretação Facciosa

Coment√°rios geram coment√°rios, e explica√ß√Ķes d√£o novos motivos para explica√ß√Ķes. [… ] N√£o ocorre com frequ√™ncia que um homem de capacidade comum entende muito bem um texto ou uma lei que ele l√™ at√© que v√° consultar um comentarista ou procure conselheiros, os quais, quando tiverem terminado de lhe explicar, fazem as palavras n√£o significar coisa alguma ou significar o que ele desejar?
(…) H√°s-de concordar comigo, creio, que n√£o existe coisa alguma em que os homens mais se enganam e desencaminham outros do que na leitura e escrita de livros, [mas] n√£o discutirei se os escritores desencaminham os leitores ou vice-versa: pois parecem ambos dispostos a enganar e ser enganados.

Caminho Recompensador

Aquele que se tenha erguido acima do cesto das esmolas e n√£o se tenha contentado em viver ociosamente das sobras de opini√Ķes suplicadas, que p√īs a funcionar os seus pr√≥prios pensamentos para encontrar e seguir a verdade, n√£o deixar√° de sentir a satisfa√ß√£o do ca√ßador; cada momento da sua busca recompensar√° os seus dissabores com algum prazer; e ter√° raz√Ķes para pensar que o seu tempo n√£o foi mal gasto, mesmo quando n√£o se puder gabar de nenhuma aquisi√ß√£o especial.

√Č mais f√°cil avaliar do esp√≠rito de qualquer pessoa pelas suas perguntas do que pelas suas respostas.

Todos os homens são passíveis de errar; e a maior parte deles é, em muitos aspectos, por paixão ou interesse tentada a fazê-lo.