Passagens de Lamennais

13 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Lamennais para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

As lágrimas cuja amargura é pura, são as que não caem no seio de ninguém e que ninguém consola.

A moral é uma planta cujas raízes estão no céu, e cujos frutos e flores embelezam e embalsamam a terra.

A liberdade não é um cartaz, que se lê na esquina de qualquer rua; é, sim, um poder vivo, que cada um sente em si mesmo, e em torno de si; é o génio protector do lar doméstico, a garantia dos direitos sociais, e o primeiro desses direitos.

Justiça é não fazer a outrém o que não queríamos que nos fizessem.

Dado mesmo que as mulheres fossem imortais, nunca conheceriam o √ļltimo amante.

A moral ensina a moderar as paix√Ķes, a cultivar as virtudes e a reprimir os v√≠cios.

O trabalho está em todo o lado e o sofrimento também: só que há trabalhos estéreis e trabalhos fecundos, sofrimentos infames e sofrimentos gloriosos.

A ci√™ncia para nada mais serve do que para dar-nos uma ideia da extens√£o da nossa ignor√Ęncia.

Não há sociedade possível sem o dever, que compreende a justiça e a caridade.

A f√© come√ßa onde o orgulho acaba. Tirai a f√©, e tudo perecer√°: ela √© a alma da sociedade e a pr√≥pria subst√Ęncia da vida humana. A f√© dirige e precede necessariamente todas as nossas ac√ß√Ķes; est√° na natureza humana e √© a primeira condi√ß√£o da sua exist√™ncia.