Passagens de Stendhal

121 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Stendhal para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

O amor é um sentimento tão delicioso porque o interesse de quem ama confunde-se com o do amado.

A verdadeira p√°tria √© aquela onde encontramos o maior n√ļmero de pessoas que se parecem connosco.

O que torna a dor do ci√ļme t√£o aguda √© que a vaidade n√£o pode ajudar-nos a suport√°-la.

O general Bonaparte era extremamente ignorante quanto à arte de governar. Alimentado por ideias militares, a decisão sempre lhe pareceu insubordinação.

Um romance é como um arco de violino, a caixa que produz os sons é a alma do leitor.

O escritor precisa de quase tanta coragem como o guerreiro; um n√£o deve preocupar-se mais com os jornalistas do que o outro com o hospital.

Chamo carácter de um homem à sua maneira habitual de ir à caça da felicidade.

A Alma Transforma-se em Sensa√ß√Ķes

Eis um efeito que me será contestado, e que só apresento aos homens que, digamos, são bastante infelizes para terem amado com paixão durante longos anos, dum amor contrariado por obstáculos invencíveis:
A vista de tudo o que √© extremamente belo, tanto na natureza como nas artes, traz-nos a recorda√ß√£o do que amamos, com a rapidez de um rel√Ęmpago. √Č que, pelo processo do ramo de √°rvore guarnecido de diamantes da mina de Salzburgo, tudo o que no mundo √© belo e sublime faz parte da beleza do que amamos, e esta vis√£o imprevista da felicidade enche-nos os olhos de l√°grimas num instante. √Č assim que o amor do belo e o amor se d√£o vida um ao outro.
Uma das infelicidades da vida √© que a ventura de ver a quem amamos e de lhe falar n√£o deixa recorda√ß√Ķes distintas. Aparentemente, a alma est√° demasiado perturbada pelas suas emo√ß√Ķes para poder prestar aten√ß√£o ao que as causa ou as acompanha. Transforma-se na pr√≥pria sensa√ß√£o. √Č talvez porque estes prazeres n√£o se podem renovar sempre que queremos, por simples for√ßa de vontade, que se renovam com tanta for√ßa, desde que um objecto qualquer nos venha tirar da medita√ß√£o consagrada √† mulher que amamos,

Continue lendo…

O ódio tem a sua cristalização; mal temos a esperança de nos vingar, começamos a odiar.

O amor √© a √ļnica paix√£o que se paga com uma moeda que ela mesmo fabrica.