Cita√ß√Ķes de Aldous Huxley

106 resultados
Frases, pensamentos e outras cita√ß√Ķes de Aldous Huxley para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

A Inconsistência Humana

Que todos os homens s√£o iguais √© uma proposi√ß√£o √† qual, em tempos normais, nenhum ser humano sensato deu, alguma vez, o seu assentimento. Um homem que tem de se submeter a uma opera√ß√£o perigosa n√£o age sob a presun√ß√£o de que t√£o bom √© um m√©dico como outro qualquer. Os editores n√£o imprimem todas as obras que lhes chegam √†s m√£os. E quando s√£o precisos funcion√°rios p√ļblicos, at√© os governos mais democr√°ticos fazem uma selec√ß√£o cuidadosa entre os seus s√ļbditos teoricamente iguais.
Em tempos normais, portanto, estamos perfeitamente certos de que os Homens não são iguais. Mas quando, num país democrático, pensamos ou agimos politicamente, não estamos menos certos de que os Homens são iguais. Ou, pelo menos Рo que na prática vem ser a mesma coisa Рprocedemos como se estivéssemos certos da igualdade dos Homens.
Identicamente, o piedoso fidalgo medieval que, na igreja acreditava em perdoar aos inimigos e oferecer a outra face, estava pronto, logo que mergia novamente à luz do dia, a desembainhar a sua espada à mínima provocação. A mente humana tem uma capacidade quase infinita para ser inconsistente.

Existe apenas um canto do universo que você pode ter certeza de aperfeiçoar, que é você mesmo.

…As sensa√ß√Ķes n√£o s√£o entidades √† parte, suscet√≠veis de ser estimuladas independentemente do resto do esp√≠rito. Quando um homem fica emocionalmente exaltado numa dire√ß√£o, est√° sujeito a ficar tamb√©m em outras…

Os factos são como os bonecos dos ventríloquos. Sentados no joelho de um homem sábio articularão palavras de sabedoria; noutros joelhos, não dirão nada ou dirão disparates, ou comprazer-se-ão em puro diabolismo.

O inferno é a incapacidade de sermos diferentes da criatura segundo a qual ordinariamente nos comportamos.

Posso compartilhar as dores das pessoas, mas n√£o os seus prazeres. Existe algo curiosamente aborrecedor na felicidade alheia.

O degrau da escada não foi inventado para repousar, mas apenas para sustentar o pé o tempo necessário para que o homem coloque o outro pé um pouco mais alto.

Penso na incompreens√≠vel seq√ľ√™ncia de mudan√ßas que fazem uma vida. Penso que o destino dos seres humanos, ininterpret√°vel e mesmo assim cheio de significa√ß√£o divina, √© composto pela fus√£o de belezas, horrores e absurdos.

Experiência não é o que acontece com um homem; é o que um homem faz com o que lhe acontece.

A fun√ß√£o da juventude depende do lugar em que residem. Por exemplo: para que servem os rapazes e as mo√ßas da Am√©rica? Resposta: para consumirem maci√ßamente. E os corol√°rios desse tipo de consumo s√£o: comunica√ß√Ķes em massa, publicidade em massa. Narc√≥ticos em massa (sob a forma de televis√£o, tranquilizantes, pensamentos positivos e cigarro). Agora que a Europa tamb√©m ingressou na produ√ß√£o em massa, para que servir√£o os seus rapazes e mo√ßas? Para consumirem maci√ßamente, exatamente como a juventude da Am√©rica. [‚Ķ] O destino da mocidade deve ser apenas se desenvolver harmoniosamente e se transformar em adultos plenamente realizados.

A experiência não é o que nos acontece; é o que fazemos com aquilo que nos acontece.

H√° um √ļnico recanto do universo que podemos ter certeza de melhorar: o nosso pr√≥prio eu.

As pessoas de êxito são as que souberam fazer, quando deviam fazê-lo, sem lhes importar se lhes aprazia ou não.

Os prov√©rbios s√£o sempre chav√Ķes at√© voc√™ experimentar a verdade contida neles.