Frases sobre Seres

117 resultados
Frases de seres escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Os medicamentos antidepressivos e os tranquilizantes são excelentes armas terapêuticas, mas não têm capacidade de conduzir o ser humano a gerir os seus pensamentos e emoções. A psiquiatria trata dos seres doentes, mas não sabe como torná-los felizes, seguros, sábios, serenos.

Os animais do mundo existem para seus próprios propósitos. Não foram feitos para os seres humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens.

Não apenas os homens, mas o género humano foi e sempre será necessariamente infeliz. Não apenas o género humano, mas todos os animais. Não apenas os animais, mas todos os seres a seu modo. Não os indivíduos, mas as espécies, os géneros, os reinos, os sistemas, os mundos…

Tendo-se pensamentos grandiosos, manifesta-se a grandiosidade. Quem não idealiza a perfeição, não pode produzir obras-primas. Um gato pode estragar acidentalmente uma obra-prima, porém é incapaz de produzi-la. As obras-primas só podem ser produzidas por seres capazes de concebê-las mentalmente. Se o gato não consegue produzir obras-primas, é porque a mente dele não é capaz de concebê-las. Homem, não sejas igual a um gato.

Se não pensares que foste prejudicado, não ficarás irritado. Todas as coisas e todos os seres do Universo constituem uma só Vida; o Universo é um só; portanto, não há lucro nem prejuízo em parte alguma.

Percebo que todos os seres do mundo biológico, à primeira vista, não parecem ter relação entre si, mas, na verdade, praticam intensas atividades de doação mútua.

Se respeitarmos a nossa vida, rejeitaremos todos os salvadores. A todos diremos: “Desapareçam! Salvai-vos, isso basta. Esta é a minha vida e tenho de vivê-la.” Esforço-me por restituir a todos os seres humanos o respeito por si próprios que é seu por direito e que eles doaram aos outros.

Na falsa democracia mundial, o cidadão está à deriva, sem a oportunidade de intervir politicamente e mudar o mundo. Actualmente, somos seres impotentes diante de instituições democráticas das quais não conseguimos nem chegar perto.

Tempo virá em que os seres humanos se contentarão com uma alimentação vegetariana e julgarão a matança de um animal inocente como hoje se julga o assassínio de um homem.

Como em jogo de cabra-cega, em que há seres à nossa volta, a pergunta orienta-se entre os que lhe não pertencem até achar o que procura.

Há duas categorias de seres inteligentes: aqueles cujo espírito irradia e os que brilham: os primeiros iluminam à sua volta, os segundos mergulham-nos nas trevas.

Homens e mulheres cometem erros – erros, falhas, pecados, faltas – seres humanos semeiam com problemas suas própria terra, e tropeçam nas pedras de sua imaginação falsa e errada, e a vida é dura.

Nada perturba mais o sentimento de ser especial como a presença de outros seres humanos que se sentem igualmente de forma especial.

O que está em causa não é a violência, é a crueldade. Violenta é toda a natureza. Para que eu coma o meu filé, tenho que matar um boi. Nós, seres humanos, os tais seres racionais, inventamos a crueldade. Portanto, é sobre a crueldade que deveríamos discutir. Quando começamos a discutir sobre a crueldade, o problema da violência resolve-se.