Frases sobre Vozes

156 resultados
Frases de vozes escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Uma voz não pode transportar a língua e os lábios que lhe deram asas. Deve elevar-se sozinha no éter.

Qualquer escritor que passa muito tempo sozinho e em silêncio termina por sentir que é um médium. Ouve vozes, conecta-se em níveis muito profundos com a realidade.

Quando existe paix√£o entre duas pessoas, a harmoniosidade da voz √© um min√©rio valioso retirado da mina do benquerer. √Č, pois, feito de ouro o brilho nas palavras de quem ama!

Todos temos uma parte misteriosa e há quem pretenda resolver os seus mistérios na psicanálise. Eu prefiro dar-lhes voz na Poesia.

N√£o deixe o ru√≠do das opini√Ķes de outras pessoas calar a sua pr√≥pria voz interior.

N√£o diferimos uns dos outros sen√£o pelos acess√≥rios – pelo vestu√°rio, pelas maneiras, tom de voz, opini√Ķes religiosas, apar√™ncia pessoal, alguns h√°bitos e outras coisas do mesmo g√©nero.

Quando a vida interior se fecha nos próprios interesses, deixa de haver espaço para os outros, já não entram os pobres, já não se ouve a voz de Deus, já não se goza da doce alegria do Seu amor, nem pulsa o entusiasmo de fazer o bem.

Qual Ioga, qual nada! A melhor ginástica respiratória que existe é a leitura, em voz alta, dos Lusíadas.

√Č ent√£o um mundo de f√≥rmulas a que eu obede√ßo e tu obedeces? Sem ele n√£o poder√≠amos existir. Se v√≠ssemos o que est√° por tr√°s n√£o pod√≠amos existir. O nosso mundo n√£o √© real: vivemos num mundo como eu o compreendo e o explico. N√£o temos outro. √Č a voz dos mortos insistente que teima e se nos imp√Ķe. Mais fundo: n√£o existem sen√£o sons repercutidos. Decerto n√£o passamos de ecos.

A verdade √© como uma sinfonia. N√≥s estamos aqui a conversar, mas se amanh√£ nos pedirem para relatar o que se passou, cada um ter√° uma vers√£o diferente. S√≥ se unirmos as v√°rias vers√Ķes, as v√°rias vozes, conseguiremos construir a Hist√≥ria, que √© uma soma dessas experi√™ncias individuais. A Hist√≥ria colectiva √© uma grande mentira. Quando ouvimos as pessoas, elas dizem coisas inesperadas, coisas que n√£o sab√≠amos.

Algu√©m que sabe muito e que j√° viveu muito contava-me h√° pouco tempo que a maioria das coisas que nos acontecem n√£o s√£o escolha nossa. √Č preciso uma vida inteira, mais de sessenta anos pelo menos, para se fazer esta afirma√ß√£o com propriedade. Pedindo emprestada a experi√™ncia da voz na qual escutei esta frase, acrescento que, se essa falta de escolha existe, ent√£o tem de estar presente nos momentos aparentemente pequenos, uma vez que s√£o eles que, sucessivos e constantes, formam aquilo a que, no cume da montanha, chamamos ¬ęa vida¬Ľ.

Para conquistar um amor, deixe a sua boca falar com a voz do coração. As palavras têm perfume e cor quando reflectem a ternura de um sentimento.

Percebi enquanto falava em voz alta que, mesmo quando morrêssemos, era provável que não descobríssemos a resposta de por que estivemos vivos. Mesmo o ateu confesso provavelmente pensa que na morte obterá alguma resposta. Quero dizer, Deus estará lá ou não haverá coisa alguma.

Uma história triste agrada sempre. No seu sentido mais profundo, a vida é bela e alegre. Todos nós tivemos já a experiência disso milhares de vezes. Provas sobre provas de que não há primavera sem flores, nem outono sem frutos. Mas, apegados como estamos à aparência de tudo, esquecemos a voz do profundo, e ouvimos deliciados o som da superfície. Temos o vício da tristeza.

Não misture negócios e amizade dentro da empresa no horário de trabalho. O lado profissional deve sempre sobrepor-se ao particular. Não dissociar esse facto pode fazê-lo perder a voz de comando.

Aprendi a caminhar mais forte quando soube que morava em mim uma sabedoria superior, uma voz sempre presente que me impele para a frente, a intuição.

Existem certas alturas em que me sinto mais inspirado, preenchido com uma força brutal que me obriga a ouvir a minha voz interior, e é nessa altura que eu sinto mais que nunca a necessidade de um piano Pleyel.

Voc√™ est√° ‚Äėfisgado‚Äô pelo amor quando percebe que as estrelas s√£o flores noturnas no jardim do c√©u; que o fulgor da lua tem o mesmo brilho dos olhos de quem ama, e que a voz da natureza √© o mais belo dos poemas!