CitaĆ§Ć£o de

Basta umas Palavrinhas

Sentir-se amada, incluĆ­da, admirada, reconhecida, lembrada, toca as raĆ­zes da emoĆ§Ć£o tanto de uma intelectual como de um iletrado, tanto de uma rainha como de um sĆŗbdito. Nem mesmo um psiquiatra ou um paciente mutilado por uma psicose e controlado por pensamentos perturbadores escapa a essas necessidades vitais.

Basta umas palavrinhas para nos emocionarmos ou nos magoarmos. Um simples olhar Ć© o suficiente para ficarmos encantados ou dececionados. Um beijo pode ter mais impacto do que um grande prĆ©mio. Um abraƧo pode ser mais lembrado do que um aumento de ordenado. Ā«Eu aposto em ti! NĆ£o desistas, conta comigo!Ā», Ā«Podes superar-te!Ā», pequenas frases como estas ditas em tempos difĆ­ceis tornam-se inesquecĆ­veis, mudam rotas, renovam Ć¢nimos. As nossas reaƧƵes podem ser mais penetrantes do que um projĆ©til.