Mas ela era do mundo em que vivem as coisas mais belas
Têm o pior destino:
E Rosa viveu o que vivem as Rosas,
O espa├žo de uma manh├ú.