Cita√ß√Ķes de Mario Vargas Llosa

20 resultados
Frases, pensamentos e outras cita√ß√Ķes de Mario Vargas Llosa para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

√Č mais f√°cil imaginar a morte de uma pessoa que de cem ou mil… multiplicado, o sofrimento torna-se abstracto. N√£o √© f√°cil a como√ß√£o por coisas abstractas.

Um p√ļblico comprometido com a leitura √© cr√≠tico, rebelde, inquieto, pouco manipul√°vel e n√£o cr√™ em lemas que alguns fazem passar por id√©ias.

A revolu√ß√£o ir√° libertar a sociedade das suas afli√ß√Ķes, enquanto que a ci√™ncia ir√° libertar o indiv√≠duo das suas.

O segredo da felicidade, ou, pelo menos, da tranquilidade, √© saber separar o sexo do amor. E, se for poss√≠vel, eliminar o amor rom√Ęntico da nossa vida, que √© o que faz sofrer. Assim vive-se mais sossegado e goza-se mais, garanto-te.

O √°lcool e uma dieta pobre tamb√©m s√£o grandes assassinos. Deve o governo regular o que vai √† nossa mesa? A persegui√ß√£o √† ind√ļstria do fumo pode parecer justa, mas pode tamb√©m ser o come√ßo do fim para a liberdade.

Algo anda mal na cultura de um país se os seus artistas, em lugar de se proporem mudar o mundo e revolucionar a vida, se empenham em alcançar protecção e subsídios do governo.

A memória é uma armadilha, pura e simples, que altera, e subtilmente reorganiza o passado, por forma a encaixar-se no presente.

Os verdadeiros artistas e criadores constituem sempre contra-governos, governos nas sombras a partir das quais v√£o impugnando as certezas, as ret√≥ricas, as fic√ß√Ķes ou verdades oficiais e recordando, no que pintam, comp√Ķem, interpretam ou fabulam que, contrariamente ao que sust√©m o poder, o mundo vai muito mal, e que a vida real estar√° sempre abaixo dos sonhos e dos desejos humanos.

No meu caso, a literatura √© uma esp√©cie de vingan√ßa. √Č algo que me d√° aquilo que a vida real n√£o me pode dar – todas as aventuras, todo o sofrimento. Todas as experi√™ncias que eu s√≥ posso viver na na imagina√ß√£o, a literatura completa-as.

Não podemos ensinar a criatividade Рcomo se tornar um bom escritor. Mas podemos ajudar um jovem escritor a descobrir, dentro de si próprio, que tipo de escritor ele gostaria de ser.

Bateram na porta, dona Lucrecia foi abrir e, encolhida no vão, junto com o fundo das árvores retorcidas e esbranquiçadas do Olivar de San Isidro, viu a cabeça de cachos dourados e os olhos azuis de Fonchito.