Passagens sobre Casamento

334 resultados
Frases sobre casamento, poemas sobre casamento e outras passagens sobre casamento para ler e compartilhar. Leia as melhores cita√ß√Ķes em Poetris.

Queres Amar, Ama-te

As pessoas devem relacionar-se porque se amam e n√£o porque se v√£o amar, devem trabalhar porque gostam daquilo que fazem e n√£o porque um dia podem come√ßar a gostar. Ent√£o, perguntas tu, o melhor √© sermos todos descomprometidos com tudo? Ao que eu te respondo: claro. O descompromisso √© a liberdade eterna, √© a possibilidade que tu te d√°s de alterar o curso da tua vida a qualquer momento, sem recurso a qualquer emo√ß√£o negativa. O √ļnico compromisso que deves ter √© contigo. O resto passa-te ao lado, n√£o controlas, n√£o tens como gerir, sequer. Ali√°s, qualquer relacionamento, seja com uma pessoa ou com uma profiss√£o, √© mais verdadeiro quando n√£o existe esse compromisso, √© mais intenso, mais real, mais ¬ęAgora¬Ľ, mais tudo. A possibilidade de a pessoa se dar a liberdade de apenas viver o que sente √© todo o caminho andado para a felicidade. Quem √© mais feliz, a pessoa que n√£o ama e ainda se encontra num casamento ou aquela que deixou de amar e saiu do casamento? Quem √© mais feliz, a pessoa que arriscou fazer o que a apaixona ou aquela que todos os dias passa oito horas enfiada seja onde for e a fazer o que n√£o gosta?

Continue lendo…

O casamento se assemelha a uma tesoura; l√Ęminas t√£o presas entre si que dificilmente podem ser separadas, se movendo geralmente em dire√ß√Ķes opostas e, no entanto, sempre ferindo qualquer um que se coloque entre elas.

O Dom de Deixar Ir

√Č preciso aprender a viver. A qualidade da nossa exist√™ncia depende de um equil√≠brio fundamental na nossa rela√ß√£o com o mundo: apego e desapego. Nesta vida, a pondera√ß√£o, a propor√ß√£o e a subtileza s√£o sempre melhores que qualquer arrebatamento. Mas o essencial √© aprender que a exist√™ncia √© feita de d√°divas e perdas.

Eis porque quem reza deve pedir e agradecer: tudo √©, na verdade, um dom. Tudo passa… importa pois prepararmo-nos para a perda, ainda que tantas vezes n√£o seja sen√£o tempor√°ria… Alegrias e dores. S√≥ h√° felicidade num cora√ß√£o onde habita a sabedoria e paci√™ncia dos tempos e dos momentos, a paz de quem sabe que s√£o muitos os porqu√™s e para qu√™s que ultrapassam a capacidade humana de compreender.

Na vida, tudo se recebe e tudo se perde.
Amar é um apego natural mas também obriga a que deixemos o outro ser quem é, abrindo mão e permitindo-lhe que parta, ou que fique, sem desejar outra coisa senão que seja radicalmente livre. Aprendendo que há muito mais valor no ato de quem decide ficar do que naquele de quem só está por não poder partir.

Nada verdadeiramente nos pertence. O sublime do amor está aí,

Continue lendo…

Sete Anos A Nobreza Da Bahia

Ao casamento de Pedro √Ālvares de Neiva. Ana Maria era uma donzela nobre, e rica, que veio da √ćndia sendo solicitada pelos melhores da terra para despos√°rios, empreendeu frei Tom√°s cas√°-la com o dito e o conseguiu.

Sete anos a nobreza da Bahia
Servia a uma pastora indiana e bela,
Por√©m servia a √ćndia, e n√£o a ela,
Que a √ćndia s√≥ por pr√™mio pretendia.

Mil dias na esperança de um só dia
Passava, contentando-se com vê-la:
Mas frei Tom√°s, usando de cautela,
Deu-lhe o vil√£o, quitou-lhe a fidalguia.

Vendo o Brasil que por t√£o sujos modos
Se lhe usurpara a sua Dona Elvira
Quase a golpes de um maço e de uma goiva:

Logo se arrependeram de amar todos,
Mas qualquer mais amara se n√£o vira
Para t√£o limpo amor t√£o suja noiva.

M√£ezinha

A terra de meu pai era pequena
e os transportes difíceis.
N√£o havia comboios, nem autom√≥veis, nem avi√Ķes, nem m√≠sseis.
Corria branda a noite e a vida era serena.

Segundo informação, concreta e exacta,
dos boletins oficiais,
viviam l√° na terra, a essa data,
3023 mulheres, das quais
43 por cento eram de tenra idade,
chamando tenra idade
à que vai desde o berço até à puberdade.
28 por cento das restantes
eram senhoras, daquelas senhoras que só havia dantes.
Umas, vi√ļvas, que nunca mais (Oh nunca mais!) tinham sequer sorrido
desde o dia da morte do extremoso marido;
outras, senhoras casadas, m√£es de filhos…
(De resto, as senhoras casadas,
pelas suas pr√≥prias condi√ß√Ķes,
não têm que ser consideradas
nestas considera√ß√Ķes.)

Das outras, 10 por cento,
eram meninas casadoiras, seriíssimas, discretas,
mas que, por temperamento,
ou por outras raz√Ķes mais ou menos secretas,
n√£o se inclinavam para o casamento.

Além destas meninas
havia, salvo erro, 32,
que à meiga luz das horas vespertinas
se punham a bordar por detr√°s das cortinas
espreitando,

Continue lendo…

Um homem passa por tudo: coisas boas e coisas m√°s, casamentos e div√≥rcios, nascimentos e mortes – e n√£o consegue, no fim, construir um olhar suficientemente ir√≥nico que o livre do azedume? Ou √© est√ļpido ou a vida foi-lhe especialmente ingrata – e, como tr√™s quartos dos velhos maus que conhe√ßo s√£o pelo menos de classe m√©dia, portanto fundamentalmente ricos, eu come√ßava a confiar mais na primeira hip√≥tese.

Há seis requisitos necessários para um casamento ser feliz: o primeiro chama-se Fé, e os outros cinco, Confiança.

Um rico casamento é comparável ao baptismo pela prontidão com que apaga toda a mácula anterior.

Pode não ter dado a Emma uma completa educação, como parecia prometer a sua posição, no entanto recebeu excelente educação por parte dela, que a ensinou a ter a qualidade principal para o casamento, que é anular a própria vontade e fazer tudo o que é ordenado.

Casar por Amor

Quando eu pensava que n√£o podia ser mais feliz, manh√£ ap√≥s manh√£ era mais, mas s√≥ um bocadinho mais do que o m√°ximo humanamente poss√≠vel; pensava eu ser absolutamente imposs√≠vel que eu fosse, de repente, muito mais feliz, do que a pr√≥pria felicidade at√©. Mas, de repente, fui. Muito mais. Casei com o meu amor e o meu amor tornou-se a minha mulher, minha em tudo, para tudo, para sempre. E eu, finalmente, consegui divorciar-me de mim e deixar de ser t√£o triste e aborrecidamente meu, trocando-me, no melhor neg√≥cio do s√©culo, por ela. Ela ficou minha. Eu fiquei dela. √Č ou n√£o √© estranho e lindo e bem pensado por Deus Nosso Senhor que ambos pensemos que nos livr√°mos de boa e fic√°mos a ganhar? √Č.

√Č sim. A minha mulher √© mais minha do que eu alguma vez fui meu ‚ÄĒ e eu antes n√£o podia ter sido mais para mim, felizmente. Por ter tudo agora para lhe dar. Que al√≠vio. Nunca mais me quero ver na vida.
A n√£o ser aos olhos dela, onde sou muito bem visto ‚ÄĒ talvez o maior homem que j√° viveu, logo a seguir ao pai dela, claro. √Č um milagre como melhorei tanto.

Continue lendo…

Em todo casamento que durou mais de uma semana existem motivos para o divórcio. A chave consiste em encontrar sempre motivos para o casamento.

Observamos que todas as na√ß√Ķes, tanto as b√°rbaras como as humanas, embora t√£o distantes entre si no espa√ßo e no tempo, conservam estes tr√™s costumes humanos: todas t√™m alguma religi√£o, todos contraem casamentos solenes, e todas enterram os seus mortos.