Passagens de Denis Diderot

94 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Denis Diderot para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

N√£o lamento os homens, os homens refazem-se; n√£o lamento o ouro destes tesouros, os tesouros voltam a encher-se; mas quem restituir√° a estes povos os anos que v√£o passando?

A infidelidade √©, na mulher, o que √© no padre a incredulidade – a √ļltima baliza das prevarica√ß√Ķes humanas.

√Č que h√° tantos malvados neste mundo, que nem vale a pena reter aqueles a quem apetece sair dele.

Ignoro o que sejam princípios, a não ser que se tratem de regras que se prescrevem aos outros para nosso proveito.

Em geral, quanto mais um povo é civilizado, educado, menos os seus costumes são poéticos; tudo se atenua ao se tornar melhor.

Clama-se incessantemente contra as paix√Ķes; imputam-se-lhes todos os males do homem, esquecendo que elas s√£o tamb√©m a fonte de todos os seus prazeres.

Abalar a nação para consolidar o trono; saber suscitar uma guerra; foi o conselho de Alcibíades a Péricles.

Não existe antídoto mais poderoso contra a baixa sensualidade do que a adoração da beleza.

Uma palavra grosseira, uma express√£o bizarra, ensinou-me por vezes mais do que dez belas frases.

Para se alcançar, quanto mais não seja, a fama do pai, é preciso ser-se mais hábil do que ele.