Passagens de Francisco S√° Carneiro

117 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Francisco S√° Carneiro para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

Todos os políticos responsáveis sabem que não se pode prometer aos Portugueses senão tempos duros. E que se lhes não pode oferecer nada a curto prazo, excepto sacrifícios e trabalho paciente.

H√° uma crise econ√≥mica e social de propor√ß√Ķes alarmantes para as nossas possibilidades efectivas de momento; h√° a pr√≥pria crise da nossa identidade como Povo.

O pa√≠s real quer coisas pr√°ticas, ver as quest√Ķes resolvidas com pragmatismo e efic√°cia. Quer o fim da total instabilidade que se verifica h√° uns anos na sociedade portuguesa.

Eu considero que uma liberdade dependente de poder discricionário do Governo não é uma verdadeira liberdade; fica à mercê do poder.

Qualquer espécie de progresso depende do reconhecimento efectivo de direitos e liberdades da pessoa: sem ele não vale a pena julgarmos que andamos para a frente.

Nós, Partido Social Democrata, não temos qualquer afinidade com as forças de direita, nós não somos nem seremos nunca uma força de direita.

Os Portugueses estão ansiosos por que se deixem os governantes de debate ideológico, de grandes discursos, para se aterem ao exercício singelo e discreto da sua função: trabalhar para resolver os problemas das pessoas, os problemas da nação.

Hoje vivemos na sequ√™ncia de uma revolu√ß√£o conseguida sem sangue, que nos abriu caminhos de liberdade. Para que os possamos percorrer √© indispens√°vel o respeito absoluto das liberdades p√ļblicas e dos direitos c√≠vicos, que vamos vendo infelizmente postos em causa.