Se um escritor quisesse demonstrar que a liberdade n√£o lhe √© necess√°ria, pareceria um peixe querendo convencer-nos de que a √°gua n√£o lhe √© √ļtil.