Frases de Gustavo Santos

170 resultados
Frases de Gustavo Santos. Conheça este e outros autores famosos em Poetris.

Quando nos expressamos em amor, conectamo-nos à nossa energia de origem e é aí que nos lembramos de quem verdadeiramente somos e de que somos para sempre.

Um assunto por resolver é uma espécie de máquina do tempo de apenas um botão e que te permite unicamente regressar ao passado e multiplicá-lo infinitas vezes no teu presente.

A energia do amor é algo que não é comparável a mais nada e, por mais que dividisse a água que tinha no copo e a partilhasse com mais e mais pessoas, sentia-o sempre cheio. A fonte divina, desde que estejas em contacto com ela, é inesgotável.

As pessoas dependem do gosto dos outros por si mesmas porque não gostam delas próprias e sentem uma enorme necessidade de estarem consecutivamente rodeadas de gente amiga para que não tenham de lidar com a voz inimiga que mora dentro delas.

Se não regarmos uma flor com a devida frequência, o que acontece? Ela desata a murchar e acaba por morrer, certo? O mesmo se passa com as pessoas. Se não adicionarem as porções necessárias de experiência, de risco ou desafios e de momentos de paixão aos seus dias, também elas vão acabar por perder o brilho, emurchecer e morrer.

Todos temos um passado, mas se desejamos mesmo ser felizes hoje é preciso saber aceitá-lo, aprender com ele e perdoar-nos.

Um homem sozinho não consegue mudar o mundo, mas pode começar. Se eu começar deste lado e tu desse, chegará o dia em que nos vamos encontrar e aí não seremos dois, seremos todos aqueles que eu e tu conseguimos inspirar.

Não esperes nunca sensibilizar ou gerar identificação em alguém se não falares sobre ti mesmo, se não te expuseres ao erro e se não partilhares o segredo que tu próprio desvendaste para superar um qualquer problema.

Diferentes significados geram diferentes vidas e é fundamental que consigamos sempre descobrir o ouro por entre a lama. Sobrevalorizar um resultado negativo é sempre subvalorizar uma experiência que pode ter sido altamente positiva e, quem sabe, determinante para o resto da nossa vida.

Os velhos já foram loucos, já foram rebeldes, já foram gente. E continuam a sê-lo, a malta é que os vê como plantas caídas. Se te permitires escutá-los e lhes deres tempo de antena na emissão da tua vida, não te arrependerás.

Costuma dizer-se que um amor cura-se com outro, eu prefiro receitar a paixão. Os efeitos são mais eficazes. Mais prazer e mais depressa. Mais confiança em menos tempo.

Os relacionamentos só fazem sentido quando ambas as partes potenciam a outra. Quando isso deixa de acontecer, quando o dar e receber cessa, e se perde a identificação, a paixão esgota-se e dá lugar à culpa.

Ninguém é manipulado ou subjugado quando acredita fortemente naquilo que sente, pelo contrário quem não se permite sentir, ou seja, quem não se permite viver nada sabe, nada conhece e em nada acredita, logo é jogado de pé para pé pelos mais espertos e perigosos egos.

Nada é mais eterno na nossa cabeça e na nossa pele que o sabor de um beijo vadio ou a tomada de posse de cum corpo desejado numa noite inesperada. Podem passar-se anos, décadas até, recordarás sempre aquelas horas como as últimas da tua vida, pois é quando perdes o controlo que ganhas lugar na história.

Não vejas o passado com os olhos com que vês o presente. Na altura não eras a pessoa que és hoje.

Uma pessoa que saiba que vai morrer sabe que tem de viver. Esse é, aliás, um dos grandes desafios da humanidade. Ter a consciência do fim, para que todos os momentos sejam o princípio de alguma coisa e todos sabemos como tudo é sempre mais saboroso no início seja do que for.