Frases sobre Ilusão de Masaharu Taniguchi

31 resultados
Frases de ilusão de Masaharu Taniguchi. As mais belas frases e mensagens de Masaharu Taniguchi para ler e compartilhar.

Devemos ser cegos no tocante às ilusões, mas quando à Imagem Verdadeira da Vida, devemos contemplá-la com os olhos bem abertos.

O ‘Eu verdadeiro’ não cai em ilusão. Não existe algo que se chama ‘ilusão’, tampouco ‘eu iludido’.

‘Ilusão, tu não existe! Tu não existe! Admite tua inexistência e desaparece!’ – estas são as palavras que devem ser dirigidas à ilusão. ‘Homem, Imagem Verdadeira, eternamente perfeito, somente tu és existência verdadeira’ – estas são as palavras que devem ser dirigidas ao ‘Eu verdadeiro’.

Os religiosos usam frequentemente a palavra ‘entrega’. Mas existem dois tipos de entrega: O indivíduo pode entregar-se à ilusão e mergulhar no mundo das trevas, ou entregar-se a Deus e emergir no mundo da Luz. Antes de mais nada, devemos volver nossa mente para Deus.

Não digas: ‘Como posso admitir que oposições e conflitos não existem, se os vejo na vida concreta?’. Se compreenderes que todos os seres e coisas são regidas por ‘um só Deus’, ‘uma sabedoria única’, chegará à conclusão de que, na verdade, não é possível existirem oposições e conflitos. Se parecem existir oposições e conflitos, é porque estás com a mente em ilusão e pensas que tais coisas existem.

Os prazeres não passam de meios para iludir a nós mesmos. Para a Vida, a própria matéria é uma ilusão; o próprio corpo carnal também é uma ilusão. Nem é preciso dizer, portanto, que os prazeres materiais e carnais são meras ilusões.

Não existe coisa alguma que seja realmente suja. Qualquer coisa, conforme o modo de se ver, pode parecer suja. Mesmo uma coisa aparentemente suja, se usada com sabedoria pode ser muito proveitosa. Por exemplo, adubando-se a terra com esterco, obtêm-se verduras viçosas. Pensar que os fertilizantes artificiais sejam mais limpos que o esterco é uma ilusão. É evidente que o que se forma naturalmente é mais limpo que o que é fabricado artificialmente. Mas, mesmo os fertilizantes artificiais deixarão de ser sujos, se usados com sabedoria. Em suma, não existe coisa alguma que seja realmente suja.

A morte não existe. Somente se extingue aquilo que é inexistente desde o princípio. A Vida é existência desde o princípio, por isso jamais morre. A morte parece existir, mas não passa de ilusão.

A ilusão desconhece o Pai. A carne desconhece Deus. Somente o filho conhece o Pai. O corpo carnal não é filho do Pai.

O ‘eu’ que precisa primeiro cair em ilusão para depois compreender a Imagem Verdadeira, não é o ‘Eu verdadeiro’. O sentimento de gratidão de quem percebe os benefícios do bom tempo somente quando chove, ainda não é verdadeiro.

Existem dois tipos de fenômenos: os que se assemelham à Imagem Verdadeira e os que não têm semelhança alguma com a Imagem Verdadeira. Os primeiros são projeções da Imagem Verdadeira, e os segundos, projeções da ilusão (pensamento do eu inexistente). Quando o ‘eu inexistente’ compreender a sua inexistência e desaparecer, surgirá fenomenicamente o mundo da eterna felicidade como projeção autêntica da Imagem Verdadeira. Esse mundo fenomênico que reflete a imagem da eterna felicidade da Imagem Verdadeira é o paraíso terrestre.

O Eu que existe de verdade é Deus, por isso jamais caiu e jamais cairá em ilusão. E, se jamais caiu em ilusão, também não há como despertar.

O ‘Eu verdadeiro’ não cai em ilusão. O ‘eu iludido’ é irreal e cai em ilusão justamente por ser irreal. Quando desaparece o ‘eu iludido que inexiste originalmente’, surge então o ‘Eu verdadeiro’ eternamente feliz e inadoecível.

O que nos causa sofrimento é a nossa própria ilusão. Afastando a ilusão, percebemos que este mundo é um paraíso de luz.

O próprio fato de ser filho de Deus constitui a fortaleza do ser humano. Quem pensa que precisa acrescentar algo para ser forte, está preso à ilusão.

Deus não Se modifica com palavras de louvor a Ele dirigidas pelo homem. Quem se modifica é o próprio homem. Quando este se modifica eliminando sua ilusão, aparece a natureza verdadeira de filho de Deus.

Alcançar o despertar espiritual não consiste em lutar e derrotar a ilusão. Consiste em revelar o filho de deus. Não é lutar nem derrotar algo; é renascer, é criar.

O transformador serve para elevar ou reduzir as tensões da corrente elétrica. O homem é o transformador da infinita Vida do Universo. Se não obstruírem o teu canal mental com pensamentos ilusórios, poderás receber o fluxo da Vida infinita. Purifica a tua mente e elimina as ilusões praticando a Meditação Shinsokan.

Deus não castiga o homem; castiga apenas o pecado. Castigar o pecado significa desmascarar a ilusão, mostrando que a carne é vazia e que nela não existe prazer nem Vida. O pecado, quando castigado, revela sua original inexistência e desaparece. Quando o pecado é anulado, o homem se purifica e revela sua original natureza divina.