Frases sobre Próprio de Masaharu Taniguchi

78 resultados
Frases de próprio de Masaharu Taniguchi. As mais belas frases e mensagens de Masaharu Taniguchi para ler e compartilhar.

O amor em seu grau supremo é o amor que se manifesta naturalmente quando estamos com Deus. Portanto, os atos norteados por esse amor não nos deixa a mais leve sensação de que ‘nós próprios os praticamos’.

Quem tenta moldar os outros ao seu próprio padrão, fracassará. Quem quer obrigar os outros a seguir o caminho que ele próprio percorre, tropeçará. Para cada pessoa existe um caminho, uma direção a seguir, da mesma forma que para os bondes existem os trilhos e para os automóveis existem vias adequadas a seu tráfego. E é bom que seja assim. Compreender isto é ser sábio.

Se o descontentamento brota em tua mente, é porque exiges demais dos outros. Precisas compreender que cada pessoa tem sua própria posição, sua própria vida. Tua mente ficará aliviada e contente somente quando aceitares a posição e a vida dos outros, compreenderes as razões do comportamento deles, e te tornares capaz de admitir até mesmo as posições contrárias à tua. Se não sentes alívio e satisfação, é porque tens mente estreita. Como poderá sentir bem-estar num lugar estreito?

Penetra mais profundamente em tua própria alma, até encontrares a Vida Verdadeira. Contempla a Vida que está lá no profundo da alma.

A compatibilidade de temperamentos está na mente. Anulando-se o ego, os temperamentos se tornam compatíveis. No fato de dois seres se tornarem um – nisso consiste o caminho, a compatibilidade. Mesmo os cônjuges que tenham afinidade natural, acabarão se desentendendo e seguirão um destino infeliz, se cada um tentar impor o próprio ego (Sobre a compatibilidade ou não de temperamentos).

Porém, mais insensato é aquele que, com a mente presa à doença, vive se queixando de que não consegue a cura. Se te queixas de doença, é prova de que ainda não compreendeste a Verdade de que a doença não existe. Não fales mal deste ensinamento, quando és tu próprio que não compreendes a Verdade.

As pessoas dizem: ‘tenho mente’. Contudo, é um erro pensar que homem ‘possui mente’. Na verdade, ele não a possui, ele próprio é a mente. antes de tudo, o homem é ‘mente’.

A Vida sempre cresce de dentro para fora. Se for puxado pelo lado de fora à força. acabará por se romper. Mas se crescer com a sua própria força interior, jamais se romperá.

‘Dentro deste mundo existem vários mundos, e cada qual vive em seu próprio mundo’. Estas palavras da sutra Shakumon ensinam-nos a lei de causa e efeito, segundo a qual ‘o ambiente de cada um é o reflexo de sua própria mente’, e ‘os semelhantes se atraem’ (cada pessoa atrai pessoas e coisas com as quais tem afinidade).

O que nos causa sofrimento é a nossa própria ilusão. Afastando a ilusão, percebemos que este mundo é um paraíso de luz.

Ao amar alguém, pergunta a ti mesmo se estás desejando ter para ti o corpo da pessoa amada, ou se estás disposto a sacrificar por ela teu próprio corpo. Teu amor será tanto mais impuro quanto maior for o primeiro sentimento, e tanto mais puro quanto maior o segundo sentimento.

Remuneração não é apenas pagamento que se recebe de outra pessoa. Existe também remuneração que se recebe de Deus. É preciso saber que o desenvolvimento da própria capacidade é uma grande remuneração concedida por Deus. A remuneração material não é principal, mas a suplementar.

As pessoas comuns conhecem a alegria de sacrificar seu próprio corpo em benefício de uma só pessoa, quando encontra o amor verdadeiro. Os eleitos, ou seja, as pessoas especiais, através da vivência do amor, conhecem a alegria de sacrificar se próprio corpo em benefício da humanidade.

Quando alguém tenta realizar algo antes do momento propício, com certeza provoca uma situação incômoda e acaba prejudicando a si próprio ou a outras pessoas.

O próprio fato de ser filho de Deus constitui a fortaleza do ser humano. Quem pensa que precisa acrescentar algo para ser forte, está preso à ilusão.

Confiar é deixar-se conduzir docilmente pelas mãos daquele que orienta. Confiar em Deus é caminhar docilmente segundo a orientação de Deus; é viver segundo a vontade de Deus. Quem vive segundo a vontade própria não está confiando em Deus.

Quando excede na afirmação do ego, o homem não se harmoniza com o ambiente. Mistura-se com o povo escondendo o brilho da própria sabedoria e virtudes, é uma forma de manifestar o amor.

Não se deve considerar o trabalho apenas do ponto de vista lucrativo e utilitarista. O trabalho não passa de ‘resíduo’ expelido pela Vida, no processo de manutenção de si mesma. Uma Vida mantém-se ativa para vivificar a própria essência, e com o ‘resíduo’ expelido em consequência dessa atividade alimenta outras Vidas. Isto é semelhante ao processo em que as plantas, para se manterem vivas, absorvem gás carbônico e expelem oxigênio, o que garante a sobrevivência dos animais. Invertendo a importância das coisas, pode-se dizer que na época de superprodução, não trabalhar passa a ser virtude.

É inútil a auto-anulação consciente. Enquanto pensamos ter conseguido anular a nós próprios, na realidade, não nos anulamos. A verdadeira auto-anulação consiste no total esquecimento de nós mesmos. O ser humano progride rapidamente quando se dedica ao trabalho, esquecido de si mesmo.