Passagens de Isabel Allende

32 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Isabel Allende para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

A sexualidade √© um componente da boa sa√ļde, inspira a cria√ß√£o e √© parte do caminho da alma.

A guerra é a obra de arte dos militares, a coroação da sua formação, a insígnia dourada da sua profissão. Não foram criados para brilhar na paz.

Todo escritor recebe algumas cr√≠ticas boas e ruins. Os √ļnicos favorecidos s√£o os escritores homens, brancos e que j√° est√£o mortos.

Qualquer escritor que passa muito tempo sozinho e em silêncio termina por sentir que é um médium. Ouve vozes, conecta-se em níveis muito profundos com a realidade.

As mulheres gostam que lhe digam palavras de amor. O ponto G est√° nos ouvidos. In√ļtil procur√°-lo em outro lugar.

Se escrevo alguma coisa, temo que ela aconte√ßa, se amo demais alguma pessoa, tenho medo de perd√™-la; no entanto, n√£o posso deixar de escrever, nem de amar…

O problema da ficção é que ela precisa ser verossímil, enquanto a realidade poucas vezes consegue sê-lo.

Quando sentimos que a mão da morte nos pousa no ombro, a vida ilumina-se de outra maneira e descobrimos em nós mesmos coisas maravilhosas de que nem sequer suspeitávamos.

√Č melhor ser homem do que mulher, porque at√© o homem mais miser√°vel tem sempre uma mulher em quem mandar.

A vida é puro ruído entre dois silêncios abismais. Silêncio antes de nascer, silêncio após a morte.

O escritor escreve do que tem dentro, do que vai cozinhando no seu interior e que vomita porque j√° n√£o pode mais.