Passagens de Miguel de Unamuno

94 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Miguel de Unamuno para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

Geralmente, quando detestamos alguma coisa nos outros é porque a sentimos em nós mesmos. Não nos aborrecem os defeitos que não temos.

Tenta viver em contínua vertigem apaixonada; só os apaixonados levam a cabo obras verdadeiramente duradouras e fecundas.

Não são as nossas ideias que nos fazem optimistas ou pessimistas, mas o optimismo e o pessimismo de origem fisiológica que fazem as nossas ideias.

Por mais terríveis que sejam as ortodoxias religiosas, as ortodoxias científicas são muito mais terríveis.

Ler para Brilhar

Para uma pessoa que leia um livro com o fim de saber, gozar e aproveitar o que ele diz, h√° vinte que s√≥ l√™em para dizer que o leram e poder brilhar fazendo cita√ß√Ķes dele.

O Solit√°rio

O solit√°rio leva uma sociedade inteira dentro de si: o solit√°rio √© multid√£o. E daqui deriva a sua sociedade. Ningu√©m tem uma personalidade t√£o acusada como aquele que junta em si mais generalidade, aquele que leva no seu interior mais dos outros. O g√©nio, foi dito e conv√©m repeti-lo frequentemente, √© uma multid√£o. √Č a multid√£o individualizada, e √© um povo feito pessoa. Aquele que tem mais de pr√≥prio √©, no fundo, aquele que tem mais de todos, √© aquele em quem melhor se une e concentra o que √© dos outros.
(…) O que de melhor ocorre aos homens √© o que lhes ocorre quando est√£o sozinhos, aquilo que n√£o se atrevem a confessar, n√£o j√° ao pr√≥ximo mas nem sequer, muitas vezes, a si mesmos, aquilo de que fogem, aquilo que encerram em si quando est√£o em puro pensamento e antes de que possa florescer em palavras. E o solit√°rio costuma atrever-se a express√°-lo, a deixar que isso flores√ßa, e assim acaba por dizer o que todos pensam quando est√£o sozinhos, sem que ningu√©m se atreva a public√°-lo. O solit√°rio pensa tudo em voz alta, e surpreende os outros dizendo-lhes o que eles pensam em voz baixa,

Continue lendo…

A liberdade é um bem comum, e se todos não desfrutam dela, não serão livres nem os que se julgam como tal.

√Č preciso esquecer para viver; a vida √© esquecimento; cumpre abrir espa√ßo para o que est√° por vir.

O meio mais eficaz para destruir uma lei é começar por aceitá-la; aceitar algo como mal necessário é o começo da sua eliminação.

N√≥s s√≥ vivemos contradi√ß√Ķes e para as contradi√ß√Ķes; a vida √© trag√©dia e luta perp√©tua sem vit√≥ria e sem esperan√ßa de vit√≥ria; ela √© contradi√ß√£o.