Passagens sobre Loucura

394 resultados
Frases sobre loucura, poemas sobre loucura e outras passagens sobre loucura para ler e compartilhar. Leia as melhores cita√ß√Ķes em Poetris.

Ora Até que Enfim

Ora at√© que enfim…, perfeitamente…
C√° est√° ela!
Tenho a loucura exatamente na cabeça.
Meu coração estourou como uma bomba de pataco,
E a minha cabe√ßa teve o sobressalto pela espinha acima…

Graças a Deus que estou doido!
Que tudo quanto dei me voltou em lixo,
E, como cuspo atirado ao vento,
Me dispersou pela cara livre!
Que tudo quanto fui se me atou aos pés,
Como a sarapilheira para embrulhar coisa nenhuma!
Que tudo quanto pensei me faz cócegas na garganta
E me quer fazer vomitar sem eu ter comido nada!

Graças a Deus, porque, como na bebedeira,
Isto é uma solução.
Arre, encontrei uma solu√ß√£o, e foi preciso o est√īmago!
Encontrei uma verdade, senti-a com os intestinos!

Poesia transcendental, já a fiz também!
Grandes raptos líricos, também já por cá passaram!
A organiza√ß√£o de poemas relativos √† vastid√£o de cada assunto resolvido em v√°rios ‚ÄĒ
Também não é novidade.
Tenho vontade de vomitar, e de me vomitar a mim…
Tenho uma n√°usea que, se pudesse comer o universo para o despejar na pia,

Continue lendo…

O conceito de g√©nio como semelhante √† loucura tem sido cuidadosamente alimentado pelo complexo de inferioridade do p√ļblico.

Minha eterna loucura: imaginar feliz, sonhos de futuro. Esperança de amor, viagens ao sol.

A Musa Enferma

√ď minha musa, ent√£o! que tens tu, meu amor?
Que descorada est√°s! No teu olhar sombrio
Passam fulgura√ß√Ķes de loucura e terror;
Percorre-te a epiderme em fogo um suor frio.

Esverdeado gnomo ou duende tentador,
Em teu corpo infiltrou, acaso, um amavio?
Foi algum sonho mau, vis√£o cheia de terror,
Que assim te magoou o teu olhar macio?

Eu quisera que tu, saud√°vel e contente.
Só nobres idéias abrigasses na mente,
E que o sangue crist√£o, ritmado, te pulsara

Como do silab√°lirio antigo os sons variados,
Onde reinam, o par, os deuses decantados;
Febo ‚ÄĒ pai das can√ß√Ķes, e P√£ ‚ÄĒ senhor da seara!

Tradução de Delfim Guimarães

Quis Achar Teu Corpo

Quis achar no teu corpo uma loucura nova
alguma coisa viva
que l√° n√£o estava
e que era só minha
e que eu te emprestava.

Ent√£o, deu-me saudade
do tempo em que teu corpo
fruta à prova
já era, por si só, uma loucura nova.

Querer separar a religião da política é uma loucura tão grande ou maior do que a de querer separar a economia da política.

O palhaço não sou eu, mas sim esta sociedade monstruosamente cínica e tão ingenuamente inconsciente que joga ao jogo da seriedade para melhor esconder a loucura.

Amamos a vida não porque estamos acostumados à vida, mas a amar. Há sempre alguma loucura no amor, mas há sempre também alguma razão na loucura.

A loucura, longe de ser uma anomalia, é a condição normal humana. Não ter consciência dela, e ela não ser grande, é ser homem normal. Não ter consciência dela e ela ser grande, é ser louco. Ter consciência dela e ela ser pequena é ser desiludido. Ter consciência dela e ela ser grande é ser génio.

E se o que tanto buscas só existe em tua límpida loucura Рque importa? Isso, exatamente isso, é o teu diamante mais puro!

A Duração da Vida em Perspectiva

A nossa religião não teve fundamento humano mais seguro do que o desprezo pela vida. Não somente o exercício da razão nos convida a isso, pois por que temeríamos perder uma coisa que perdida não pode ser lamentada; e, já que somos ameaçados por tantas formas de morte, não haverá maior mal em temê-las todas do que em suportar uma?
Que importa quando ela ser√°, pois que √© inevit√°vel? A algu√©m que dizia a S√≥crates: ¬ęOs trinta tiranos condenaram-te √† morte¬Ľ, respondeu ele: ¬ęE a natureza a eles¬Ľ. Que tolice nos atormentarmos sobre o momento da passagem para a isen√ß√£o de todo o tormento!
Assim como o nosso nascimento nos trouxe o nascimento de todas as coisas, assim a nossa morte trará a morte de todas as coisas. Por isso, chorar porque daqui a cem anos não estaremos a viver é loucura igual a chorar porque há cem anos atrás não vivíamos. A morte é origem de uma outra vida. Assim choramos nós; assim nos custou entrar nesta aqui; assim nos despojamos do nosso antigo véu quando entramos naquela.
Não pode ser penoso algo que o é apenas uma vez. Será certo temer por tão longo tempo uma coisa de tão breve duração?

Continue lendo…