Passagens de Clarice Lispector

1250 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Clarice Lispector para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo Рquero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação.

Amor é não ter. Inclusive amor é a desilusão do que se pensava que era amor. E não é prêmio por isso não envaidece.

Ser um ser permissível a si mesmo é a glória de existir. Poder dizer a si mesmo com vergonha e canhestramente: eu a ti também te amo um pouco.

O não sentido das coisas me faz ter um sorriso de complacência. De certo tudo deve estar sendo o que é

Respeite mesmo o que √© ruim em voc√™ – respeite sobretudo o que imagina que √© ruim em voc√™ – n√£o copie uma pessoa ideal, copie voc√™ mesma – √© esse seu √ļnico meio de viver.

Ainda não percebera que na verdade não estava distraída, estava era de uma atenção sem esforço, estava sendo uma coisa muito rara: livre.

Escrevo como se estivesse dormindo e sonhando: as frases desconexas como no sonho. √Č dif√≠cil, estando acordado, sonhar livremente nos meus remotos mist√©rios.

Talvez esse tenha sido o meu maior esfor√ßo de vida: para compreender a minha n√£o-intelig√™ncia, o meu sentimento, fui obrigada a me tornar inteligente. (Usa-se a intelig√™ncia para entender a n√£o-intelig√™ncia. S√≥ que depois o instrumento ‚Äď o intelecto ‚Äď por v√≠cio de jogo continua a ser usado ‚Äď e n√£o podemos colher as coisas de m√£os limpas, directamente na fonte).

Quero pegar, sentir, tocar. E tudo isso já faz parte de um mistério. Isso lhe assusta? Mas vale a pena. Mesmo que doa. Dói só no começo.