Passagens de Clarice Lispector

1250 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Clarice Lispector para ler e compartilhar. Os melhores escritores est√£o em Poetris.

E sobretudo há nessa existência primeira uma falta de erro, e um tom de emoção de quem poderia mentir mas não mente. Basta? Basta sim.

Uma vez terminado o momento de vida, a verdade correspondente também se esgota. Não posso moldá-la, fazê-la inspirar outros instantes iguais. Nada pois me compromete.

Eu pe√ßo a Deus tudo o que eu quero e preciso. √Č o que me cabe. Ser ou n√£o ser atendida ? isso n√£o me cabe a mim.

Luto por uma Novidade de Espírito

Procuro me manter isolada contra a agonia de viver dos outros, e essa agonia que lhes parece um jogo de vida e morte mascara uma outra realidade, t√£o extraordin√°ria essa verdade que os outros cairiam de espanto diante dela, como num esc√Ęndalo. Enquanto isso, ora estudam, ora trabalham, ora amam, ora crescem, ora se afanam, ora se alegram, ora se entristecem. A vida com letra mai√ļscula nada pode me dar porque vou confessar que tamb√©m eu devo ter entrado por um beco sem sa√≠da como os outros. Porque noto em mim, n√£o um bocado de fatos, e sim procuro quase tragicamente ser. √Č uma quest√£o de sobreviv√™ncia assim como a de comer carne humana quando n√£o h√° alimento. Luto n√£o contra os que compram e vendem apartamentos e carros e procuram se casar e ter filhos mas luto com extrema ansiedade por uma novidade de esp√≠rito. Cada vez que me sinto quase um pouco iluminada vejo que estou tendo uma novidade de esp√≠rito.
Minha vida é um reflexo deformado assim como se deforma num lago ondulante e instável o reflexo de um rosto. Imprecisão trémula. Como o que acontece com a água quando se mergulha a mão na água.

Continue lendo…

Tanto em pintura como em m√ļsica e literatura, tantas vezes o que chamam de abstrato me parece apenas o figurativo de uma realidade mais delicada e mais dif√≠cil, menos vis√≠vel a olho nu.

E quando notou que aceitava em pleno o amor, sua alegria foi t√£o grande que o cora√ß√£o lhe batia por todo o corpo, parecia-lhe que mil cora√ß√Ķes batiam-lhe nas profundezas de sua pessoa.

Sou uma pessoa insegura, indecisa, sem rumo na vida, sem leme para me guiar: na verdade n√£o sei o que fazer comigo.

J√° que se h√° de escrever, que pelo menos n√£o se esmaguem com palavras as entrelinhas. O melhor ainda n√£o foi escrito. O melhor est√° nas entrelinhas.

A minha vida a mais verdadeira é irreconhecível, extremamente interior, e não há uma palavra que a signifique

Muitas coisas que me aconteceram t√£o piores que estas, eu j√° perdoei. No entanto essa n√£o posso sequer entender agora: o jogo de dados de um destino √© irracional? √Č impiedoso.