Cita√ß√Ķes sobre Excentricidade

4 resultados
Frases sobre excentricidade, poemas sobre excentricidade e outras cita√ß√Ķes sobre excentricidade para ler e compartilhar. Leia as melhores cita√ß√Ķes em Poetris.

Originalidade Verdadeira e Originalidade Falseada

Em Arte, √© vivo tudo o que √© original. √Č original tudo o que prov√©m da parte mais virgem, mais verdadeira e mais √≠ntima duma personalidade art√≠stica. A primeira condi√ß√£o duma obra viva √© pois ter uma personalidade e obedecer-lhe. Ora como o que personaliza um artista √©, ao menos superficialmente, o que o diferencia dos demais, (artistas ou n√£o) certa sinon√≠mia nasceu entre o adjectivo original e muitos outros, ao menos superficialmente aparentados; por exemplo: o adjectivo exc√™ntrico, estranho, extravagante, bizarro… Eis como √© falsa toda a originalidade calculada e astuciosa.
Eis como tamb√©m pertence √† literatura morta aquela em que um autor pretende ser original sem personalidade pr√≥pria. A excentricidade, a extravag√Ęncia e a bizarria podem ser poderosas – mas s√≥ quando naturais a um dado temperamento art√≠stico. Sobre outras qualidades, o produto desses temperamentos ter√° o encanto do raro e do imprevisto. Afectadas, semelhantes qualidades n√£o passar√£o dum truque liter√°rio.

Os verdadeiros democratas n√£o s√£o aqueles hist√©ricos que exigem isto e reivindicam aquilo, que dizem que precisamos de n√£o sei qu√™ e que vamos todos morrer est√ļpidos se n√£o fizermos n√£o sei que mais. S√£o os que vivem e deixam viver. S√£o os que respeitam as opini√Ķes, as excentricidades e as manias dos outros, sem ceder √† tenta√ß√£o de os desconvencer √† for√ßa.

A Precis√£o da Escrita n√£o Faz o Bom Escritor

Como escritor, poder√° algu√©m fazer a experi√™ncia de que quanto mais precisa, esmerada e adequadamente se expressar, tanto mais dif√≠cil de entender ser√° o resultado liter√°rio, ao passo que quando o faz de forma laxa e irrespons√°vel se v√™ recompensado com uma segura inteligibilidade. De nada serve evitar asceticamente todos os elementos da linguagem especializada e todas as alus√Ķes a esferas culturais n√£o estabelecidas. O rigor e a pureza da textura verbal, inclusive na extrema simplicidade, criam antes um vazio. O desmazelo, o nadar com a corrente familiar do discurso, √© um sinal de vincula√ß√£o e de contacto: sabe-se o que se quer porque se sabe o que o outro quer. Enfrentar a coisa na express√£o, em vez da comunica√ß√£o, √© suspeitoso: o espec√≠fico, o que n√£o est√° acolhido no esquematismo, parece uma desconsidera√ß√£o, um sintoma de excentricidade, quase de confus√£o. A l√≥gica do nosso tempo, que tanto se ufana da sua claridade, acolheu ingenuamente tal pervers√£o na categoria da linguagem quotidiana.

A expressão vaga permite a quem a ouve ter uma ideia aproximada do que é que lhe agrada e do que, de qualquer modo, opina. A rigorosa exige a univocidade da concepção, o esforço do conceito,

Continue lendo…

Muitos não sabem propriamente distinguir a originalidade da excentricidade: uma caracteriza o génio, outra manifesta o louco.