Frases sobre Cinco de Masaharu Taniguchi

8 resultados
Frases de cinco de Masaharu Taniguchi. As mais belas frases e mensagens de Masaharu Taniguchi para ler e compartilhar.

Um grande período de tempo colocado inesperadamente à nossa disposição tende a ser desperdiçado. Já os pequenos espaços de tempo, de cinco, dez minutos, podem até ser bem aproveitados, desde que estejamos dispostos a isso. O dinheiro ganho no jogo é facilmente desperdiçado, mas o obtido através do trabalho pode formar uma grande fortuna. O mesmo se pode sizer do tempo. Aquele que aproveita os poucos momentos de folga para aprimorar seu talento torna-se gênio. A diferença entre o gênio e o medíocre está na atitude mental do dia-a-dia.

Há quem afirme ter visto espíritos aparecerem nas sessões de fenômenos mediúnicos, mas os espíritos em si não aparecem nas sessões, nem no mundo dos cinco sentidos, nem mesmo no mundo do sexto sentido. O que aparece no mundo dos cinco sentidos e mesmo no do sexto sentido são produtos da condensação ou materialização das ondas mentais, e não o espírito em si.

Acreditas em Deus ou nos cinco sentidos? Aquele cuja mente se abala, ora alegrando-se, ora entristecendo-se segundo as mudanças fenomênicas, está acreditando nos cinco sentidos e não em Deus.

Ninguém, até agora, viu Deus através dos cincos sentidos nem através do sexto sentido. Deus está acima do sexto sentido. Podemos conhecer Deus somente quando nossa natureza divina e Deus se tocam.

Certa pessoa recebeu de Deus a revelação: ‘Tudo que é perceptível aos cinco sentidos é inexistente’. Assim que ela recebeu de Deus esta mensagem, o mundo perceptível aos cinco sentidos desapareceu de sua frente. Em seguida, recebeu de Deus nova mensagem: ‘Também não existe o ‘eu’ que pensa que este mundo é inexistente’. E simultaneamente desapareceu também o ‘eu’ que compreendera a inexistência deste mundo. É assim que desaparece o falso eu. Quem não passa por tal experiência julga existir algo chamado ‘eu’ que pensa na existência ou na inexistência da ilusão e que ora se ilude, ora se desperta. A ilusão é ‘algo inexistente’ apresentado pelo ‘eu inexistente’.

Devemos fazer distinção entre imagem ilusória e natureza verdadeira; quando negamos terminantemente a imagem ilusória e afirmamos categoricamente a natureza verdadeira plena de harmonia, o aspecto imperfeito reconhecido pelos cinco sentidos desaparece por completo e manifesta-se o ‘Eu verdadeiro’ perfeito, harmonioso e absolutamente livre.

A fé verdadeira consiste em acreditar que todas as coisas criadas por Deus são perfeitas e que o homem, sendo filho de Deus, é perfeito, goza de perfeita saúde e felicidade, mesmo que esse aspecto não esteja manifestado aos cinco sentidos. Quando alcançamos essa fé, logo a força curativa passa a se manifestar.