Passagens de Masaharu Taniguchi

827 resultados
Frases, pensamentos e outras passagens de Masaharu Taniguchi para ler e compartilhar. Os melhores escritores estão em Poetris.

Devemos ser cegos no tocante às ilusões, mas quando à Imagem Verdadeira da Vida, devemos contemplá-la com os olhos bem abertos.

Transcendendo o bem e o mal aparentes, encontra-se o verdadeiro Bem. Transcendendo as normas traçadas pelos homens, existem as leis de Deus.

Reverencia mais a Deus. Deus é o único Criador. Não penses que existem coisas más criadas por Deus. Não penses que dentre as criações de Deus exista a imperfeição denominada ‘doença’.

Deus criou todas as coisas e as considerou boas. Confiante em Sua própria excelência, Ele abençoou a Si mesmo.

As diferenças entre as pessoas consistem apenas em diferenças de idéias. Sendo correta a idéia, brota o amor, brota a coragem, os quais se manifestarão naturalmente em atos. É essencial a pessoa ter uma idéia correta do que ela é.

Sermos fortes, corretos e alegres – eis o nosso ideal. Quando nossa mente conseguir isso, o mundo exterior se normalizará automaticamente.

Não é preciso repreender em altos brados, pois o ser humano não é uma fera. Basta explicar com palavras de amor que ele acaba compreendendo tudo.

Acredita em Deus. Acredita na Vida. Acredita que a Vida que se aloja em ti é Deus. A partir desta convicção é que se desenvolverá a força infinita alojada em ti.

É preferível simular o bem a simular o mal, pois quem imita o bem acaba aprendendo o bem, ao passo que aquele que imita o mal acaba enveredando pelo caminho do mal.

Não é pelos resultados que se pratica uma ação; é para que a Vida se exercite e fortaleça; é para que a pessoa se enriqueça espiritualmente através da experiência, torne-se capaz de compreender a situação dos outros, concretize o amor e realize sua vida no verdadeiro sentido. Os que não viverem várias experiências são incapazes de amar realmente o próximo, porque não compreendem as pessoas em suas respectivas situações.

O amor em seu grau supremo é aquele em que a pessoa, mesmo tendo feito grande bem ao próximo, esquece-se do que fez. O que difere de mera simulação daquele que, quando alguém lhe agradece por algo, faz-se desentendido dizendo: ‘Puxa! Eu fiz isso? Já nem me lembro…’.

Não penses que já esgotastes teu amor e tua dedicação. Amor e dedicação são inesgotáveis. Quanto mais os exteriorizas, mais abundantemente eles fluem do teu interior.

Mesmo que alguém à beira da morte suplique ‘Salvai-me, Senhor, e Vos pagarei a quantia que for necessária’, Deus não poderá atender tal pedido, pois Ele não Se move por dinheiro. Mas, quando a mente da pessoa desperta para a Verdade, a salvação de Deus é uma consequência natural.

A vida tem preço fixo; não se pode negociá-la nem pechinchá-la. A vida nos oferece somente aquilo que nossa mente merece.

O ‘Eu verdadeiro’ não cai em ilusão. Não existe algo que se chama ‘ilusão’, tampouco ‘eu iludido’.

A pessoa que julgas ser teu oponente, na verdade está contribuindo para teu aprimoramento. Vê como funcionam as rodas de uma engrenagem girando em sentido contrário uma faz movimentar a outra. Tu e teu oponente sois rodas da mesma engrenagem.

Aquele que é incapaz de crer que ele próprio é filho de Deus, também não será capaz de crer que os outros são filhos de Deus. Aquele que prega sermões, dizendo: ‘Pecador, acabarás no inferno!’, acabará ele próprio no inferno.

Aquele que continua preso ao carma apesar de conhecer a lei do carma, alcançou apenas o despertar parcial, e não o despertar verdadeiro. O despertar verdadeiro é aquele em que a pessoa, conhecendo a lei do carma, consegue contemplar a Imagem Verdadeira que transcende o carma. O despertar parcial é aquele em que a pessoa, conhecendo a lei do carma, tenta pesquisá-lo e acaba mergulhando ainda mais no próprio carma.