Frases sobre Maior de Florbela Espanca

15 resultados
Frases de maior de Florbela Espanca. As mais belas frases e mensagens de Florbela Espanca para ler e compartilhar.

Tenho dois livros: um de prosa, outro de versos, na gaveta, onde provavelmente ficarão todo o resto da minha vida, pois a minha incapacidade perante a vida prática é cada vez maior, e a minha triste qualidade de inadaptável é cada vez mais forte.

Em tudo eu vejo sempre os antecedentes, as consequ√™ncias, as raz√Ķes e as causas: sou como as crian√ßas que desmancham o brinquedo que as entret√©m s√≥ pelo prazer de saber o que est√° dentro. Apesar do meu tradicional horror √†s ci√™ncias positivas, eu tenho uma grande dose de positivismo e a ci√™ncia a que na vida ligo maior import√Ęncia √© a matem√°tica.

Eu j√° te disse que me n√£o ralavam absolutamente nada as maiores descomposturas que me possam dar, por dois motivos: primeiro porque n√£o tenho medo, e depois porque n√£o costumo ter vergonha; nem um bocadinho pequenino!

Não há maior tristeza que a gente ver-se longe daquele que para nós é tudo ou mais que tudo; é um aborrecimento de todas as horas que coisa alguma faz desaparecer.

Muitas vezes as nossas mais delicadas aten√ß√Ķes, as nossas maiores provas de amor, os nossos cuidados s√£o como aquelas p√©rolas que um dia algu√©m atirou a uns porcos…

Digo o que penso e, muito simplesmente enuncio factos pois que, apesar de poetisa, ligo bem maior import√Ęncia aos factos do que √†s palavras por bonitas que sejam. Palavras s√£o como as cantigas: leva-as o vento.

Não há dores eternas, e é da nossa miserável condição não poder deter nada que o tempo leva, que o tempo destrói: nem as dores mais nobres, nem as maiores.

Ser Poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!

As sensa√ß√Ķes fortes entontecem-me e fazem-me sofrer. A nossa vida neste velho Portugal, vida toda de resigna√ß√£o e sentimentalidade, vida estreita e mesquinha, sem horizontes nem ondas largas, conv√©m mais a uma velhota de 27 anos que vive pela imagina√ß√£o mais do que tu podes imaginar; na minha cadeira da Ilha, com um livro que me encanta sobre o rega√ßo eu viajo, √†s vezes, mais do que os maiores vagabundos, pelo mundo fora.

Quando me n√£o quiseres mais
Mata-me por piedade!
Deixares-me a vida, sem ti
√Č bem maior crueldade!

Tanto ódio e tanto amor
Na minha alma contenho;
Mas o ódio inda é maior
Que o doido amor que te tenho

Odeio teu doce sorriso,
Odeio o teu lindo olhar,
E ainda mais a minha alma
Por tanto e tanto te amar!

A alma do homem, tão insignificante, sente-se às vezes ultrapassar o mistério infinito da própria existência e procura ansiosa um infinito maior ainda, onde perder-se; é nessas horas que o homem se sente perdoado do nefando crime de ser homem.

A felicidade na vida é já uma coisa tão restrita e quase convencional que tirar da vida uma parcela mínima desse luzente tesoiro, tão ambicionado e tão quimérico, é a maior das loucuras humanas.