Cita├ž├úo de

Sensual

Ainda sinto o teu corpo ao meu corpo colado;
nos lábios, a volúpia ardente do teu beijo;
no quarto a solidão, desnuda, ainda te vejo,
a olhar-me com olhar nervoso e apaixonado…

Partiste!… Mas no peito ainda sinto a ├ónsia e o latejo
daquele ├║ltimo abra├žo inquieto e demorado…
– Na quentura do espa├žo a transpirar pecado,
Ainda baila a figura estranha do desejo…

N├úo posso mais viver sem ter-te nos meus bra├žos!
– Quando longe tu est├ís, minha alma se alvoro├ža
julgando ouvir no quarto o ru├şdo dos teus passos…

Na lembran├ža revejo os momentos felizes,
e chego a acredita que a minha carne mo├ža
na tua carne mo├ža at├ę criou ra├şzes!…