Passagens sobre Doação

14 resultados
Frases sobre doação, poemas sobre doação e outras passagens sobre doação para ler e compartilhar. Leia as melhores citações em Poetris.

O amor cresce com a doação. O amor que damos é o único que mantemos. A única maneira de ter amor é oferecê-lo aos outros.

Eis o sonho de Deus para a sua criatura dileta: vê-la realizada na união de amor entre homem e mulher; feliz no caminho comum, fecunda na doação recíproca.

É possível doar muito sem criar obrigações:
a maneira de dar vale muito mais do que o donativo.

É sempre simples doar uma parte dos lucros, sem abraçar nem tocar as pessoas que recebem essas «migalhas». Pelo contrário, até bastam cinco pães e dois peixes para tirar a fome a multidões se forem a partilha de toda a nossa vida. Na lógica do Evangelho, se não dá tudo, não se dá nunca o suficiente.

Por onde começar para melhorar a nossa ética quotidiana e fazê-la tornar-se uma «ética da doação»?

Por onde? Por ti e por mim! Cada qual, mais uma vez em silêncio, pergunte a si mesmo: «Se devo começar por mim. por onde começo?» Abra cada um o seu coração para que jesus lhe diga por onde começar.+

O amor é um sentimento universal, uma doação divina para unir a humanidade. Prove gota a gota o precioso líquen desse cálice. Quem não ama a si mesmo, como haverá de amar o próximo?

Percebo que todos os seres do mundo biológico, à primeira vista, não parecem ter relação entre si, mas, na verdade, praticam intensas atividades de doação mútua.

No amor felizmente a riqueza está na doação mútua. O que não significa que não haja luta: é preciso se doar o direito de receber amor. Mas lutar é bom.

Que Todos os Dias Sejam Dias de Amor

João Brandão pergunta, propõe e decreta:
Se há o Dia dos Namorados, por que não haver o Dia dos Amorosos, o Dia dos Amadores, o Dia dos Amantes? Com todo o fogo desta última palavra, que circula entre o carnal e o sublime?
E o Dia dos Amantes Exemplares e o Dia dos Amantes Platônicos, que também são exemplares à sua maneira, e dizem até que mais?
Por que não instituir, ó psicólogos, ó sociólogos, ó lojistas e publicitários, o Dia do Amor?
O Dia de Fazê-lo, o Dia de Agradecer-lhe, o de Meditá-lo em tudo que encerra de mistério e grandeza, o Dia de Amá-lo? Pois o Amor se desperdiça ou é incompreendido até por aqueles que amam e não sabem, pobrezinhos, como é essencial amar o Amor.
E mais o Dia do Amor Tranqüilo, tão raro e vestido de linho alvo, o Dia do Amor Violento, o Dia do Amor Que Não Ousava Dizer o Seu Nome Mas Agora Ousa, na arrebentação geral do século?
Amor Complicado pede o seu Dia, não para tornar-se pedestre, mas para requintar em sua complicação cheia de vôos fora do horário e da visibilidade. Amor à Primeira Vista,

Continue lendo…