Frases sobre Natal

40 resultados
Frases de natal escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Feliz, feliz Natal, que nos traz de volta as ilus√Ķes da inf√Ęncia, recorda ao idoso os prazeres da juventude e transporta o viajante de volta √† pr√≥pria lareira e √† tranq√ľilidade do seu lar.

O Natal não é um tempo nem uma temporada, mas um estado de espírito. Valorizar a paz e a boa vontade, ser abundantemente misericordioso, é ter o verdadeiro espírito do Natal.

¬ęO povo que andava nas trevas viu uma grande luz¬Ľ (Isa√≠as 9:1). Esta profecia de Isa√≠as nunca deixa de comover-nos, especialmente quando a ouvimos na liturgia da Noite de Natal. Comove-nos porque diz a realidade profunda daquilo que somos; somos criaturas em movimento, e ao nosso redor – e tamb√©m dentro de n√≥s –¬† h√° sombras de luz.

O Natal √© o encontro com Deus que nasce na pobreza da gruta de Bel√©m para ensinar o poder da humildade. Com efeito, o Natal √© tamb√©m a festa da luz que n√£o √© aceite pela gente ¬ęeleita¬Ľ, mas pela gente pobre e simples que esperava do Senhor a salva√ß√£o.

O Presépio e a árvore de Natal são sinais natalícios sempre sugestivos e queridos para as nossas famílias cristãs: lembram-nos o mistério da Encarnação, o Filho unigénito de Deus feito homem para nos salvar e a luz que Jesus trouxe ao mundo com o Seu nascimento. Mas o Presépio e a árvore tocam o coração de toda a gente, mesmo daqueles que não acreditam, porque falam de fraternidade, de intimidade e de amizade.

A isto, antes de mais nada, nos chama o Natal: a dar glória a Deus, porque Ele é bom, é fiel, é misericordioso. Neste dia desejo a todos que reconheçam o verdadeiro rosto de Deus, o Pai que nos deu Jesus. Desejo a todos que sintam que Deus está perto, possam estar na Sua presença, que O amem e O adorem.

√Č Natal sempre que deixares Deus amar os outros atrav√©s de ti… sim, √© Natal sempre que sorrires ao teu irm√£o e lhe ofereceres a tua m√£o.

O Natal √© um tempo de benevol√™ncia, perd√£o, generosidade e alegria. A √ļnica √©poca que conhe√ßo, no calend√°rio do ano, em que homens e mulheres parecem, de comum acordo, abrir livremente seus cora√ß√Ķes.

Feliz, feliz Natal, a que faz que nos lembremos das ilus√Ķes de nossa inf√Ęncia, recorde-lhe ao av√ī as alegrias de sua juventude, e lhe transporte ao viajante a sua chamin√© e a seu doce lar!

Natal! Esta é a estação para acender o fogo da hospitalidade no corredor, o cordial fogo da caridade no coração.

O Natal parece-me ser um tempo festivo necessário; precisamos de um tempo em que possamos lamentar as nossas falhas nos nossos relacionamentos humanos: é a festa do fracasso, triste mas consoladora.

O Natal é um tempo em que, de todas as épocas do ano, a memória de todos os sofrimentos, erros e problemas no mundo à nossa volta, se tornem bem presentes, não menos do que as nossas próprias vivências, por todo o tempo.

Quando nos recordamos dos Natais passados, na maioria das vezes descobrimos que s√£o as coisas mais simples – n√£o as grandes ocasi√Ķes – que nos oferecem os maiores momentos de felicidade.

Se minha namorada n√£o ser√°s
Na √°rvore de Natal enforcado me encontrar√°s.

O Natal não é um momento, nem uma estação, senão um estado da mente. Valorizar a paz e a generosidade e ter graça é compreender o verdadeiro significado de Natal.