Cita√ß√Ķes sobre Hip√≥critas

43 resultados
Frases sobre hip√≥critas, poemas sobre hip√≥critas e outras cita√ß√Ķes sobre hip√≥critas para ler e compartilhar. Leia as melhores cita√ß√Ķes em Poetris.

Quem faz o bem ao outro deve fazê-lo nos mínimos detalhes. O Bem geral é a justificativa do imoral, do hipócrita e do falso.

Hipócrita: indivíduo que, ao professar virtudes que não respeita, assegura as vantagens de parecer ser aquilo que despreza.

O que é a modéstia senão uma humildade hipócrita por meio da qual, num mundo infestado de vil inveja, um homem procura implorar perdão por suas virtudes e seus méritos àqueles que não têm nenhum? Pois quem não se atribui nenhum mérito porque não tem nenhum não é modesto, mas meramente honesto.

A modéstia é a humildade de um hipócrita que pede perdão pelos seus méritos aos que não têm nenhum.

LII

Que molesta lembrança, que cansada
Fadiga é esta! vejo-me oprimido,
Medindo pela magoa do perdido
A grandeza da glória já passada.

Foi grande a dita sim; porem lembrada,
Inda a pena é maior de a haver perdido;
Quem n√£o fora feliz, se o haver sido
Faz, que seja a paix√£o mais avultada!

Propício imaginei (é bem verdade)
O malévolo fado: oh quem pudera
Conhecer logo a hipócrita piedade!

Mas que em v√£o esta dor me desespera,
Se j√° entorpecida a enfermidade
Inda agora o remédio se pondera!

O Crime da Palavra

Nenhum código, nenhuma instituição humana pode prevenir o crime moral que mata com uma palavra. Nisso consta a falha das justiças sociais; aí está a diferença que há entre os costumes da sociedade e os do povo; um é franco, outro é hipócrita; a um, a faca, à outra, o veneno da linguagem ou das ideias; a um a morte, à outra a impunidade.

Quando deixa de existir a necessidade de lisonjear, tornamo-nos sinceros; então, a verdade do hipócrita é mais perniciosa do que a sua lisonja.

Dotado de Verdadeira Virtude

O que é dotado de verdadeira virtude tem os seus males por fora, os seus bens por dentro. Pelo contrário o amigo de glória vã, o hipócrita, o mundano, os seus males estão por dentro, porque são verdadeiros; e os seus bens por fora, porque são imaginados, e aparentes.
Entre todas as virtudes somente a humildade se ignora a si mesma: como traz os olhos baixos, e fitos no abismo do seu nada, n√£o reflecte sobre o seu conhecimento, porque o verdadeiro humilde n√£o presume que o seja.

Civilização de Hipócritas

Existem infinitamente mais homens que aceitam a civiliza√ß√£o como hip√≥critas do que homens verdadeiramente e realmente civilizados, e √© l√≠cito at√© perguntarmo-nos se um certo grau de hipocrisia n√£o ser√° necess√°rio √† manuten√ß√£o e √† conserva√ß√£o da civiliza√ß√£o, dado o reduzido n√ļmero de homens nos quais a tend√™ncia para a vida civilizada se tornou uma propriedade org√Ęnica.

Os Truques do Discurso Político

Parecemos estupefactos ao ver a multid√£o ser conduzida por meros sons, mas devemos lembrar-nos que, se os sons operam milagres, √© sempre gra√ßas √† ignor√Ęncia. A influ√™ncia dos nomes est√° na propor√ß√£o exacta da falta de conhecimento. De facto, at√© onde tenho observado, na pol√≠tica, mais que em qualquer outra √°rea, quando os homens carecem de alguns princ√≠pios fundamentais e cient√≠ficos aos quais recorrer, eles tornam-se aptos a ter o seu entendimento manipulado por frases hip√≥critas e termos desprovidos de sentido, dos quais todos os partidos em qualquer na√ß√£o t√™m um vocabul√°rio.

O Homem Primitivo Moderno

Reparai num homem civilizado, rico, inteligente e feliz; olhai-o bem; tirai-lhe o chapéu alto, o casaco, as botas de verniz; despi-o, enfim: vereis a miséria da carne tentando um feroz regresso às formas caricatas do orogotango inicial.
Ide mais longe; penetrai-lhe o esqueleto, atravessai-lhe as entranhas: vereis então a maior das pobrezas, a miséria absoluta, a ausência de alma.
Sim: conforme a alma vai desaparecendo, o corpo vai-se sumindo e, apagando nas indecisas, grosseiras formas originárias. Por cada sentimento que morre, o cóccix aumenta um elo.
As criaturas de que se comp√Ķe a parte dominante da sociedade, est√£o j√° mais pr√≥ximas do macaco do que do homem. As abas da casaca s√£o feitas para encobrir os primeiros movimentos comprometedores da cauda… a bota de verniz tenta apertar e reduzir o p√© que principia a prolongar-se assustadoramente. A luva realiza, nas m√£os, o mesmo papel hip√≥crita…
Continuai na vossa an√°lise do homem civilizado que parou agora, al√©m, em frente duma vitrine de ourives, atra√≠do, como os moscardos, pelo fulgor dos brilhantes, das esmeraldas, dos r√ļbis, dos top√°zios, de todas as pedras, enfim, que o homem n√£o pode atirar ao seu semelhante.
Olhai-o bem; a primeira coisa que nos fere é a hostilidade que se exala de toda a sua fisionomia.

Continue lendo…

Tudo que é falso, é ruim, até mesmo a roupa emprestada. Se seu espírito não combina com a sua roupa, você está sujeito à infelicidade, porque é desta maneira que as pessoas se tornam hipócritas, perdendo o medo de agir mal e de dizer mentiras.