Frases sobre Alma

967 resultados
Frases de alma escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Matar o sonho √© matarmo-nos. √Č mutilar a nossa alma. O sonho √© o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso.

Se Deus existe, √© para responder quando mais ningu√©m nos pode responder. Mas n√£o responde a ora√ß√Ķes nem a pedidos ‚Äď responde Existindo. Responde como destino. √Č a posta-restante das nossas almas aflitas. ‚ÄúAo menos que algu√©m me ou√ßa…‚ÄĚ.

Toda a poesia Рe a canção é uma poesia ajudada Рreflecte o que a alma não tem. Por isso a canção dos povos tristes é alegre e a canção dos povos alegres é triste.

Neste meu coração sempre estarás,
Enquanto a alma estiver com ele unida;
Meu esp’rito tamb√©m possuir√°s,
Depois que a alma do corpo for partida.
……………………………….
Impossível será que eternamente
Estês de mim ausente, estando ausente.

A poesia √© a m√ļsica da alma, e, sobretudo, de almas grandes e sentimentais.

As maiores almas são tão capazes dos maiores vícios como das maiores virtudes, e os que avançam muito lentamente são capazes de obter maiores vantagens, se seguirem sempre o caminho recto, do que aqueles que correm muito, mas se afastam desse caminho.

El√≠sio, n. Pa√≠s imagin√°rio e encantador que os antigos acreditavam, disparatadamente, ser a morada dos esp√≠ritos das pessoas boas. Esta f√°bula rid√≠cula e perniciosa foi varrida da superf√≠cie da Terra pelos Crist√£os primitivos ‚ÄĒ que as suas almas sejam felizes no Para√≠so!

O meu mundo n√£o √© como o dos outros, quero demais, exijo demais, h√° em mim uma sede de infinito, uma ang√ļstia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que se n√£o sente bem onde est√°, que tem saudades… sei l√° de qu√™!

√ď pavoroso mal de ser sozinha!
√ď pavoroso e atroz mal de trazer
Tantas almas a rir dentro da minha!

Estou t√£o magrita! A l√Ęmina vai corroendo a bainha, a pouco e pouco, mas implacavelmente, com seguran√ßa. Devo ter por alma um diamante ou uma labareda e sinto nela a beleza inquietante e misteriosa das obras incompletas ou mutiladas.

Paix√£o √© uma infinidade de ilus√Ķes que serve de analg√©sico para a alma. As paix√Ķes s√£o como ventanias que enfurnam as velas dos navios, fazendo-os navegar; outras vezes podem faz√™-los naufragar, mas se n√£o fossem elas, n√£o haveriam viagens nem aventuras nem novas descobertas.

Pode-se n√£o recordar os insultos; mas guarda-se deles um amargo de experi√™ncia, feia como uma cicatriz. E isso envelhece a alma, torna-a ruinosa e in√ļtil.

√Č nas almas simples que o amor √© mais puro e mais forte. O manancial de √°guas claras que na plan√≠cie vai matar sedes e reverdecer os campos, jorra do seio das duras pedras das montanhas em s√≠tios agrestes, longe e alto!