Frases sobre Pobres

258 resultados
Frases de pobres escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

A maior desgraça de uma nação pobre é que, em vez de produzir riqueza, produz ricos.

É melhor esperares antes de absolveres um pobre velho. Tempos houve que este homem não foi um pobre velho.

Quando um Ocidental encontra alguém de um país pobre, sente profundo desprezo. Ele assume que a cabeça do pobre homem está cheia de todos os disparates que mergulharam o seu país na pobreza e no desespero.

Serás sempre pobre, se és pobre; a fortuna apenas é concedida aos ricos.

Nós, os pobres, somos como o algarismo zero, que por si só nada vale e faz valer a cifra que a ele se junta – tanto mais quanto mais zeros lhe forem acrescentados.

Tenho que aprender o que ainda não sei: a ser humilde e modesta. Perdoe sempre o meu ridículo orgulho de pobre soberba; mas o orgulho tem sido a minha suprema defesa, tem sido o meu amparo e a minha força. Devo-lhe tantos e tão bons serviços!

Tudo que não seja viver escondido numa casinhola, pobre ou rica, com uma pessoa que se ame, e no adorável conforto espiritual que dê esse amor – me parece agora vão, fictício, inútil, oco e ligeiramente imbecil.

Pobres das flores nos canteiros dos jardins regulares.
Parecem ter medo da polícia…

A globalização é um totalitarismo. Totalitarismo que não precisa nem de camisas verdes, nem castanhas, nem suásticas. São os ricos que governam e os pobres vivem como podem.

Com uma vida pobre (e qual é a vida rica?) com a vida pobre eu me salvo dela através do imaginário. Só que meu imaginário não se faz através de acções e sim através do sentir-pensar que na verdade é sonho.

Tenho horror a tudo quanto de perto ou de longe se assemelha à popularidade. Abomino mesmo o meu pobre nome por não ser um nome como o de toda a gente; desta maneira, dentro do movimento literário português, sou no meu tempo, e guardadas as devidas distâncias, um Gustave Flaubert rabugento, desdenhoso das turbas e fechada em mim como num sacrário.

Há apenas um tipo de comunidade que pensa mais em dinheiro do que os ricos: os pobres. Os pobres não conseguem pensar em mais nada.

Tudo quanto buscamos, buscamo-lo por uma ambição, mas essa ambição ou não se atinge, e somos pobres, ou julgamos que a atingimos, e somos loucos ricos.