Passagens sobre Verdadeiros

1423 resultados
Frases sobre verdadeiros, poemas sobre verdadeiros e outras passagens sobre verdadeiros para ler e compartilhar. Leia as melhores cita√ß√Ķes em Poetris.

A verdadeira barbárie é Dachau; a verdadeira civilização é, antes de tudo, a parte do homem que os campos de extermínio quiseram destruir.

A experiência, isto é, o simples facto de estarmos no mundo, coloca-nos diante de aparências verdadeiras, mas que podem ser a origem dos conhecimentos mais falsos.

Seguro Emocional

Com frequência, comento com os meus alunos da licenciatura em psicanálise e psicologia multifocal que uma das tarefas mais nobres e relevantes do Eu é mapear, esquadrinhar os nossos fantasmas e reeditar as nossas janelas traumáticas. De outro modo, podemos fazer parte do rol dos que falam sobre maturidade mas são verdadeiras crianças no território da emoção, pois não sabem ser minimamente criticados, contrariados e, além disso, têm a necessidade neurótica de poder e de que o mundo gravite na sua órbita.

Certa vez, perguntei a executivos das cinquenta empresas psicologicamente mais saud√°veis do pa√≠s: ¬ęQuem tem algum tipo de seguro?¬Ľ Todos responderam que tinham. Em seguida, indaguei: ¬ęQuem tem um seguro emocional?¬Ľ Ningu√©m arriscou levantar a m√£o. Foram sinceros. Como podemos falar de empresas saud√°veis sem mencionar os mecanismos b√°sicos para proteger a emo√ß√£o? S√≥ fazemos um seguro daquilo que nos √© caro. Mas, infelizmente, a mais importante propriedade tem tido um valor irrelevante.

Em geral, estes profissionais s√£o √≥timos para a empresa, mas carrascos de si mesmos. Acertam no trivial, mas erram muito no essencial. E eu? E o leitor? Ainda que possamos dizer que a mente humana √© a mais complexa de todas as ¬ęempresas¬Ľ,

Continue lendo…

A verdadeira beleza vive em ref√ļgios profundos,cujo v√©u √© irremov√≠vel, at√© que cora√ß√£o e cora√ß√£o em concord√Ęncia batam. E o amor √© amado.

H√° quem pense que o papel da religi√£o consiste em despertar o ‚Äėhomem em ilus√£o‚Äô e conduzi-lo √† Verdade. Mas a verdadeira religi√£o propicia a compreens√£o de que o ‚Äėhomem em ilus√£o‚Äô n√£o existe originalmente, e promove o surgimento natural e espont√Ęneo do homem verdadeiro ‚Äď a Imagem Verdadeira ‚Äď eternamente feliz. ‚ÄėHomem em ilus√£o‚Äô n√£o existe originalmente. Por isso, s√≥ lhe resta desaparecer, quando o ser humano desperta para a Imagem Verdadeira.

O verdadeiro s√°bio √© aquele que assim se disp√Ķe que os acontecimentos exteriores o alterem minimamente. Para isso precisa coura√ßar-se cercando-se de realidades mais pr√≥ximas de si do que os factos, e atrav√©s das quais os factos, alterados para de acordo com elas, lhe chegam.

A verdadeira diferença entre a construção e a criação é esta: uma coisa construída só pode ser amada depois de construída, mas uma coisa criada ama-se mesmo antes de existir.

Devemos acreditar em Deus que é Amor, Sabedoria, Vida. Crer que somos filhos d’Ele constitui a verdadeira fé. Tendo essa fé como alicerce, será inabalável a nossa firmeza.

O Bem consiste em servir à Imagem Verdadeira da Vida, em viver conforme a vontade da Imagem Verdadeira da Vida. De nada adianta viver dividido, ora recorrendo à matéria, ora recorrendo à Imagem Verdadeira da Vida. O homem não pode servir a dois senhores.

S√≥ s√£o paix√Ķes as que nos tocam primeiro e nos surpreendem; as outras n√£o passam de liga√ß√Ķes a que levamos voluntariamente o nosso cora√ß√£o. As verdadeiras inclina√ß√Ķes arrancam-no mesmo quando n√£o queremos.

Todos os bons livros têm algo em comum Рsão mais verdadeiros do que se tivessem realmente acontecido.

A Vantagem do Esquecimento

O esquecimento n√£o √© s√≥ uma vis inertioe, como cr√™em os esp√≠ritos superfinos; antes √© um poder activo, uma faculdade moderadora, √† qual devemos o facto de que tudo quanto nos acontece na vida, tudo quanto absorvemos, se apresenta √† nossa consci√™ncia durante o estado da ¬ędigest√£o¬Ľ (que poderia chamar-se absor√ß√£o f√≠sica), do mesmo modo que o mult√≠plice processo da assimilia√ß√£o corporal t√£o pouco fatiga a consciencia. Fechar de quando em quando as portas e janelas da consci√™ncia, permanecer insens√≠vel √†s ruidosas lutas do mundo subterr√Ęneo dos nossos org√£os; fazer sil√™ncio e t√°bua rasa da nossa consci√™ncia, a fim de que a√≠ haja lugar para as fun√ß√Ķes mais nobres para governar, para rever, para pressentir (porque o nosso organismo √© uma verdadeira oligarquia): eis aqui, repito, o of√≠cio desta faculdade activa, desta vigilante guarda encarregada de manter a ordem f√≠sica, a tranquilidade, a etiqueta. Donde se coligue que nenhuma felicidade, nenhuma serenidade, nenhuma esperan√ßa, nenhum gozo presente poderiam existir sem a faculdade do esquecimento.

Conta teu sofrimento a Deus e não às pessoas. Quando contas às pessoas, teu sofrimento ecoa e aumenta ainda mais. Quando contas a Deus, teu sofrimento desaparece. Deus é a Imagem Verdadeira (perfeição absoluta) e onde brilha a luz da Imagem Verdadeira é impossível existir a treva do sofrimento: o sofrimento transforma-se em alegria e a lamentação, em agradecimento. Tudo de bom já foi dado a ti.