Frases sobre Rep√ļblica

26 resultados
Frases de rep√ļblica escritos por poetas consagrados, fil√≥sofos e outros autores famosos. Conhe√ßa estes e outros temas em Poetris.

H√° muito poucas rep√ļblicas no mundo, e mesmo assim elas devem a liberdade aos seus rochedos ou ao mar que as defende. Os homens s√≥ raramente s√£o os dignos de se governar a si mesmos.

Assim como seria rid√≠culo chamar o filho do nosso alfaiate ou do nosso sapateiro, para que nos fizessem um fato ou umas botas, n√£o tendo eles aprendido o of√≠cio; assim tamb√©m seria rid√≠culo consentir ou admitir no governo da Rep√ļblica os filhos daqueles var√Ķes, que governaram com acerto ou prud√™ncia, n√£o tendo eles a mesma capacidade dos pais.

Promulgar leis, e n√£o propugnar por essas leis, fazendo que se guardem, mais √© vitup√©rio do legislador do que administra√ß√£o da rep√ļblica.

Cada pa√≠s tem os her√≥is que quer. Em Portugal, um indiv√≠duo que ficou em terceiro lugar na F√≥rmula 1, numa corrida em que s√≥ acabaram cinco carros, recebe uma Comenda do Presidente da Rep√ļblica. Temos 20 mil her√≥is nacionais condecorados pelos Presidentes da Rep√ļblica, desde o 25 de Abril.

Despotismo pode governar sem f√©, mas liberdade n√£o pode. Religi√£o √© muito mais necess√°ria nas rep√ļblicas que se estabeleceram em cores brilhantes, que na monarquia que eles atacam, e √© mais necess√°ria nas rep√ļblicas democr√°ticas do que em qualquer outra. Como ser√° poss√≠vel aquela sociedade escapar da destrui√ß√£o, se o n√≥ moral n√£o √© fortalecido em propor√ß√£o ao quanto o n√≥ pol√≠tica √© relaxado? E o que pode ser feito com pessoas cujos pr√≥prios mestres s√£o, ou se eles n√£o s√£o, submissos √† Divindade?

Quando eu era crian√ßa, disseram-me que qualquer um poderia ser Presidente da Rep√ļblica. Estou come√ßando a acreditar.

O supremo estado honroso para um homem superior √© n√£o saber quem √© o chefe de Estado do seu pa√≠s, ou se vive sob monarquia ou sob rep√ļblica.

N√£o sou a favor do separatismo. O Tibete √© parte da Rep√ļblica Popular da China.

Restaurar a democracia √© restaurar a Rep√ļblica. √Č edificar a Nova Rep√ļblica, miss√£o que estou recebendo do povo e se transformar√° em realidade pela for√ßa n√£o apenas de um pol√≠tico, mas de todos os cidad√£os brasileiros.

A Rep√ļblica n√£o precisa de fazer-se terr√≠vel, mas de ser am√°vel; n√£o deve perseguir, mas conciliar; n√£o carece de vingar-se, mas de esquecer; n√£o tem que se coser na pele das antigas rea√ß√Ķes, mas que alargar e consolidar a liberdade.

Sempre vimos boas leis, que fizeram com que uma pequena rep√ļblica crescesse, transformarem-se depois num peso para ela, depois de grande.

Eu cheguei √† conclus√£o que um √ļnico ser humano, compreendido na sua profundidade, que d√° generosamente a partir dos tesouros do seu cora√ß√£o, coloca em n√≥s mais riquezas que as que C√©sar ou Alexandre poderiam alguma vez conquistar. Aqui √© o nosso reino, a melhor das monarquias, a melhor rep√ļblica. Aqui √© o nosso jardim, a nossa felicidade.

Uma rep√ļblica sem cidad√£os de boa reputa√ß√£o n√£o pode existir nem ser bem governada; por outro lado, a reputa√ß√£o dos cidad√£os √© motivo de tirania das rep√ļblicas.

O novo regime reciclou as palavras de ordem da velha rep√ļblica, o colectivo, o colaborativo. Axiom√°tico a ambos era que uma nova esp√©cie de humanidade estava a emergir.