Frases sobre Sombra

156 resultados
Frases de sombra escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Mesmo que o corpo seja curado, chegará a hora em que ele se extinguirá inevitavelmente, pois é uma sombra efêmera. Mesmo com o corpo pregado na cruz, Cristo era livre. Mesmo com o corpo prestes a morrer, Buda era livre.

A vida é uma simples sombra que passa (…); é uma história contada por um idiota, cheia de ruído e de furor e que nada significa.

Ainda não se cansara de existir e bastava-se tanto que às vezes, de grande felicidade, sentia a tristeza cobri-la como a sombra de um manto, deixando-a fresca e silenciosa como um entardecer. Ela nada esperava. Ela era em si, o próprio fim.

Ser humilde é reconhecer honesta e sinceramente, sem nenhuma sombra de dúvida, a verdadeira natureza de si mesmo – a de filho de Deus – tal como Deus criou.

Existe uma grande diferença entre uma fortuna sórdida e uma fortuna limpa que flui serenamente para a vida de uma pessoa que despertou para a Verdade. Todo bem material é sombra projetada da mente; logo, não é preciso abandoná-lo obrigatoriamente. A Vida não entra em apuro, mesmo que não haja bens materiais, nem se incomoda com a presença deles.

Espera… espera… ó minha sombra amada… Vê que para além de mim já não há nada e nunca mais me encontras neste mundo!…

Quero voltar! Não sei por onde vim? Ah! Não ser mais que a sombra duma sombra Por entre tanta sombra igual a mim!

Dá-se em mim uma suspensão da vontade, da emoção, do pensamento, e esta suspensão dura magnos dias. (…) Nesses períodos de sombra, sou incapaz de pensar, de sentir, de querer. (…) Não posso; é como se dormisse e os meus gestos, as minhas palavras, os meus atos certos, não fossem mais que uma respiração periférica, instinto rítmico de um organismo qualquer.

Um ser é constituído de luz e sombra, do mesmo modo que um quadro é constituído pelo jogo de cores claras e cores escuras. Não há quadros ou gravuras sem efeitos de sombras, pois estas têm a função de realçar a vida.

É preciso afugentar com ímpeto esse medo do Inferno
que perturba profundamente a vida do homem,
estendendo sobre tudo a lúgubre sombra de morte
e não deixando existir nenhuma alegria serena e inteira.