Frases sobre Verso

76 resultados
Frases de verso escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Tenho dois livros: um de prosa, outro de versos, na gaveta, onde provavelmente ficarão todo o resto da minha vida, pois a minha incapacidade perante a vida prática é cada vez maior, e a minha triste qualidade de inadaptável é cada vez mais forte.

O historiador e o poeta n√£o se distinguem um do outro pelo facto de o primeiro escrever em prosa e o segundo em verso. Diferem entre si, porque um escreveu o que aconteceu e o outro o que poderia ter acontecido.

As obras de arte devem falar ¬ępor si mesmas¬Ľ, explicar-se ¬ępor si mesmas¬Ľ, sem terem necessidade de p√īr ao lado um cicerone. Acompanhar um livro de versos de cr√≠tica ¬ęj√° feita¬Ľ √© querer impor um guia √† emo√ß√£o do leitor. O leitor detesta isso.

Todo o homem tem uma por√ß√£o de in√©pcia que h√°-de sair em prosa ou verso, em palavras ou obras, como o carnej√£o de um fur√ļnculo. Quer queira quer n√£o, um dia a v√°lvula salta e o pus repuxa.

Para quê ser altura e ansiedade,
Se se pode gritar uma Verdade
Ao mundo vão nas sílabas dum verso?

Os meus amigos dizem-me que sou uma insuport√°vel orgulhosa, e √© √† viva for√ßa que me arrancam da gaveta, para os lan√ßar √†s feras, como eu costumo dizer, os meus versos que s√£o um pouco de mim mesma, e agora a minha prosa que, a dar-lhes ouvidos, seria a oitava maravilha do mundo! Resignei-me de vez e, presentemente, estou decidida a enveredar pelo caminho da “escrevinha√ß√£o”, j√° que para outra coisa n√£o me sinto apta neste mundo.

O amor est√° mais perto do √≥dio do que a gente geralmente sup√Ķe. S√£o o verso e o reverso da mesma moeda de paix√£o. O oposto do amor n√£o √© o √≥dio, mas a indiferen√ßa…

Os versos estavam longe de ser excelentes; mas como se sabe, os protestantes n√£o se presumiam de poetas.

Sou talvez uma banal menina nervosa, ou uma simples “d√©traqu√©e” que tem contas com a medicina (…) Talvez… N√£o temos ent√£o o direito de gritar a nossa dor, o nosso desespero, o nosso t√©dio, porqu√™? Eu n√£o disse nada disto fosse a quem fosse; tudo isto eu gritei para mim s√≥. Publiquei o meu livro para fazer a vontade a meu pai e a outras pessoas que me pediram a publica√ß√£o dos versos que eu nunca pensei em divulgar…

O santo poeta deve ser casto,
quanto aos versos, não é necessário que o sejam.

Se o poeta fosse casto nos seus costumes, os seus versos também o seriam. A pena é a língua da alma: como forem os conceitos que nela se conceberem, assim serão os seus escritos.