Frases sobre Povos

334 resultados
Frases de povos escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

O grande defeito dos intelectuais portugueses tem sido sempre o só lidarem com intelectuais. Vão para o povo. Vejam o povo. Vejam como eles reflectem, como ele entende a vida, como eles gostariam que a vida fosse para eles.

A justiça é o vínculo das sociedades humanas; as leis emanadas da justiça são a alma de um povo.

√ą preciso confiar no povo portugu√™s. Eu confio no povo portugu√™s e no g√©nio do povo portugu√™s. E um povo que tem a hist√≥ria que tem Portugal e fez aquilo que fez, incluindo a revolu√ß√£o de sucesso que foi a revolu√ß√£o do 25 de Abril, que realizou todos os seus objectivos, um Pa√≠s que consegue ter a melhores rela√ß√Ķes com √Āfrica e com as antigas col√≥nias portuguesas como n√£o t√™m nem os franceses nem os ingleses.

Povo! Povo infeliz! Povo m√°rtir eterno,
Tu √©s do cativeiro o Prometeu moderno…

Nossos inimigos são inovadores e engenhosos, e nós também. Eles nunca param de pensar em novas maneiras de prejudicar nossa nação e nosso povo, e nós também não.

√Č um erro sempre contemplar o bom e ignorar o ruim, porque fazendo isso os povos negligenciam os desastres. H√° um otimismo perigoso do ignorante e do indiferente.

Sempre poderemos observar que os povos mais oprimidos s√£o tamb√©m os menos inteligentes; em consequ√™ncia disso, deve-se iniciar a obra de esclarecimento de uma na√ß√£o, melhorando as suas condi√ß√Ķes de vida.

No fundo, era tudo t√£o maquinal e coreografado, tudo t√£o simples e ing√©nuo, que j√° n√£o podia ofender ningu√©m, aquele primeiro acto da nossa farsa anual. Mas a verdade √© que por detr√°s da com√©dia se ocultavam m√°goas antigas, demasiado antigas – e que, nessas m√°goas, todos √©ramos, ao mesmo tempo, v√≠timas e algozes. Cada fam√≠lia seu manic√īmio, dizia o povo, e talvez at√© o dissesse bem.

As ideias que arrastam os povos não passam, geralmente, de ilusórios fantasmas; todavia, quando estes fantasmas contendem, devastam o mundo e cavam abismos de ruínas e de desolação.

Quanto mais os fen√≥menos hist√≥ricos s√£o vistos de perto, mais se percebe que as revolu√ß√Ķes sempre foram feitas pela burguesia ou por parte dela. O povo √© bom apenas para fazer ‘jacqueries’ que n√£o concluem.