Frases sobre Sentidos

396 resultados
Frases de sentidos escritos por poetas consagrados, filósofos e outros autores famosos. Conheça estes e outros temas em Poetris.

Todo o império é uma decadência. Uma sociedade forte que, principiando a decair, perca o sentido das realidades, o sentido prático, cai forçosamente no imperialismo.

Vontade de não dar sentido algum às coisas, as palavras e à própria vida. Assim como é a vida na realidade ausente de sentido.

Tudo quanto nas nossas institui√ß√Ķes, leis e costumes √© moralmente valioso, teve origem nas manifesta√ß√Ķes do sentimento de justi√ßa de in√ļmeros indiv√≠duos ao longo dos tempos. As institui√ß√Ķes s√£o impotentes no sentido moral, se n√£o forem apoiadas e alimentadas pelo sentido de responsabilidade de indiv√≠duos vivos.

A pessoa que julgas ser teu oponente, na verdade está contribuindo para teu aprimoramento. Vê como funcionam as rodas de uma engrenagem girando em sentido contrário uma faz movimentar a outra. Tu e teu oponente sois rodas da mesma engrenagem.

Os Estados não se avaliam pelo dinheiro que têm, mas sim pela sua história e pela sua gente. Nesse sentido, Portugal não pode ser considerado um País pobre, bem pelo contrário.

As leis, no sentido mais amplo, s√£o as rela√ß√Ķes necess√°rias que derivam da natureza das coisas.

H√° tantos crist√£os de enterro, cuja vida parece um cont√≠nuo funeral! Preferem a tristeza √† alegria; est√£o mais √† vontade nas sombras, como os morcegos! E com um pouco de sentido de humor podemos dizer que s√£o ¬ęcrist√£os-morcegos¬Ľ, que preferem as sombras √† luz da presen√ßa do Senhor.

Jesus deu-nos a possibilidade de ser livres, n√£o obstante os limites da doen√ßa e das restri√ß√Ķes. Ele oferece-nos a liberdade que prov√©m do encontro com Ele e do sentido novo que este encontro traz √† nossa condi√ß√£o pessoal.

O dom da piedade. Este dom não se identifica com ter compaixão por alguém ou com piedade pelo próximo, mas indica a nossa pertença a Deus e o nosso vínculo profundo com Ele, uma ligação que dá sentido a toda a nossa vida e que nos mantém firmes, em comunhão com Ele, mesmo nos momentos mais difíceis e trabalhosos.

Acompanhar alguém na busca do essencial é bom e importante, porque nos faz partilhar a alegria de saborear o sentido da vida. Acontece muitas vezes encontrarmo-nos com pessoas que se fixam em aspetos superficiais, efémeros e banais; às vezes porque não encontraram alguém que as estimulasse a procurar outra coisa, a apreciar os verdadeiros tesouros.

A natureza √© uma B√≠blia a c√©u aberto. A cria√ß√£o √© uma par√°bola sem fim, para ler e contemplar. Um campo de terra arado… quanta beleza e fragilidade! Uma vinha flamejante de rebentos… quantas coisas nos diz sobre o sentido misterioso do nosso destino! Uma granizada inesperada e todos os esfor√ßos do campon√™s se esfumam, depredando os frutos de um longo e paciente trabalho. A natureza fala-nos da vida, que umas vezes d√° e outras vezes tira.

Senhor, ensina-nos a contemplar-Te na beleza da Criação, desperta a nossa gratidão e o nosso sentido de responsabilidade.

As árvores estendem os seus ramos para o céu e recebem tudo do Alto, transformando todos os instantes da vida numa ocasião propícia para crescer. O amargor de uma chuva, a alegria de um raio de sol: tudo é alimento para elas. Não se preocupam com nada, nem sequer com encontrar um sentido; só o momento presente empenha toda a sua seiva e o seu desejo.

Nenhuma comunidade cristã pode andar em frente sem o suporte de uma oração perseverante! Assim como na vida de qualquer um de nós é sempre preciso voltar a começar, levantar-se de novo, reencontrar o sentido da própria existência, assim também na grande família humana é necessário renovar o horizonte comum. O horizonte da esperança!

O homem não tem um corpo separado da alma. Aquilo que chamamos de corpo é a parte da alma que se distingue pelos seus cinco sentidos.

A superioridade espiritual, mesmo a maior, far√° valer a sua preponder√Ęncia decisiva na conversa√ß√£o s√≥ ap√≥s os quarenta anos de idade. Pois a maturidade dos anos e os frutos da experi√™ncia podem ser superados em muitos sentidos, mas nunca substitu√≠dos pela superioridade espiritual.

Por mais que se persigam os prazeres dos sentidos, jamais se conhece a plena satisfação, porque os prazeres dos sentidos não são existências verdadeiras. Por mais que a pessoa se entregue aos prazeres dos sentidos, só sentirá alegrias vazias. Assim, ela viverá a perseguir os prazeres, sem nunca conseguir a satisfação.